Fazer exercícios na água ajuda a emagrecer mais rápido?

Fazer exercícios na água ajuda a emagrecer mais rápido?

Atualizado: Segunda-feira, 28 Fevereiro de 2011 as 9:13

“Malhar dentro d’água dá uma sensação de leveza, o que reduz consideravelmente a sobrecarga nas articulações e o risco de lesões, fazendo com que a aula seja sempre relaxante e prazerosa.

Como os exercícios aquáticos favorecem maior controle e estabilidade pelo empuxo e pela pressão da água, são boas opções para quem deseja emagrecer. A água tem uma densidade 830 vezes maior do que o ar, fazendo com que os exercícios sejam mais intensos, esgotando as reservas de glicogênio mais rapidamente e atacando de maneira direta os níveis de gordura. Ainda, entre diversas alterações fisiológicas, incluindo a perda de calor corporal, o gasto energético é maior ainda.

A waterbike, por exemplo, é uma atividade aeróbica de alta intensidade que pode proporcionar um gasto calórico de até 800 calorias. Este treino permite movimentos de step, remada e pedalada que estimulam o sistema cardiorrespiratório e a musculatura dos membros inferiores.

O deep running, uma corrida praticada em piscina funda, é feito com colete ou cinto flutuador, de maneira que os pés não tocam o fundo. A aula é, ao mesmo tempo, intensa e livre de impacto. Trabalha a resistência muscular de braços e pernas e exige força abdominal para garantir a estabilidade do corpo. Gasta em torno de 400 calorias.

A aula de hidrojump, sobre uma mini cama elástica, também consome 400 calorias. Ela favorece a capacidade cardiovascular e trabalha intensamente os membros inferiores, com muito menos impacto.

Para qualquer aula aquática não é necessário saber nadar. Mas é importante ter noções básicas de equilíbrio, flutuação e controle respiratório, uma vez que as aulas são feitas, em sua maioria, em piscinas entre 1m20cm e 1m40cm de profundidade.

veja também