Felicidade tem mesmo efeito de plástica

Felicidade tem mesmo efeito de plástica

Atualizado: Sexta-feira, 11 Novembro de 2011 as 8:32

A associação entre rugas e infelicidade não é algo que sua sogra diz apenas para irritar. Pesquisadores alemães descobriram que as expressões faciais têm forte impacto na percepção da idade de uma pessoa. Portanto, pode ser uma boa ideia substituir cremes de tratamento ou um lifting facial pelo simples gesto de parecer mais feliz. A pesquisa foi publicada no jornal Psychology and Aging e divulgada pelo jornal Daily Mail.

O levantamento feito pelo Instituto Max Planck, de Berlim, descobriu que o simples ato de sorrir é capaz de rejuvenescer um rosto, além de fazer a pessoa ser considerada mais atraente.

A conclusão foi baseada nas informações fornecidas por homens e mulheres que tiveram de adivinhar a idade de outras cerca de mil pessoas por meio de fotografias. As que apareciam sorrindo nas imagens foram consideradas mais novas do que suas verdadeiras idades.

Mas sorrir para parecer jovem tem limites. Os voluntários tiveram dificuldades para identificar a idade nas fotos de pessoas mais velhas, cujos rostos tinham mais marcas de expressão.

A idade dos participantes também teve influência sobre os resultados: os mais velhos tendiam a julgar que os donos das fotos tinham mais anos do que a realidade e os mais novos, em geral, tiraram cerca de dois anos de cada expressão. As fotos que mostravam pessoas com expressões neutras tiveram o maior número de acertos em relação à idade verdadeira.

veja também