Fique atenta a onze problemas que podem levar à queda de cabelo

Fique atenta a onze problemas que podem levar à queda de cabelo

Atualizado: Quarta-feira, 17 Agosto de 2011 as 8:35

  1- A queda de cabelo não tem causa apenas hereditária. Muitos problemas podem levar à perda de fios temporária ou permanente. A tricotilomania é um deles. Trata-se de um transtorno em que a pessoa quebra ou arranca o próprio cabelo. Os pacientes não conseguem controlar o impulso e, muitas vezes, retiram mechas inteiras, geralmente do couro cabeludo ou da sobrancelha. O problema é raro e as mulheres são mais propensas que os homens.

2- O uso excessivo de tinturas, alisantes, chapinha e secador pode tornar as madeixas fracas e quebradiças. Mude os hábitos inadequados para recuperá-las.

3- Com o tempo, quem investe em penteados que puxam muito os fios, como tranças e rabos de cavalo apertados, pode desenvolver alopecia por tração (queda do cabelo criando falhas, que podem ser até permanentes, por tração dos fios).

4- Deficiências de ferro (mesmo que a pessoa não esteja anêmica) e de proteínas são gatilhos para a perda de cabelo. O crescimento dos fios requer proteínas e, quando o organismo não recebe o suficiente, envia as que consegue para outras funções mais necessárias.

5- Segundo a Academia Americana de Dermatologia, quem perde 7 kg ou mais (mesmo por meio de métodos saudáveis) muitas vezes apresenta perda de cabelo, por conta de deficiências nutricionais. Esse problema geralmente se autocorrige.

Mais preocupante é a queda relacionada a um distúrbio alimentar, como anorexia ou bulimia.

6- A perda de cabelo é um sintoma comum de desequilíbrio nos hormônios da tireoide. Quando o hipotireoidismo ou hipertireoidismo é tratado, os fios voltam ao normal.

7- Muitas mulheres na perimenopausa (período que antecede a menopausa) apresentam algum tipo de perda de cabelo. Os médicos ainda não têm certeza de qual é a explicação científica para o fato, mas as alterações hormonais devem ser a chave da questão.

8- Alopecia areata é uma doença autoimune caracterizado por perda de cabelo em áreas arredondadas no couro cabeludo ou em outras partes do corpo. Afeta homens, mulheres e crianças.

9- Um evento traumático ou estressante pode causa queda de cabelo (eflúvio telógeno). Entre as principais causas estão morte de alguém querido ou divórcio. Esse tipo de problema pode se manifestar de dois a quatro meses depois do fato que o desencadeou.

10- Uma doença é outra causa possível de eflúvio telógeno, que, na maioria das vezes, é provocado por uma febre alta. Depois de curada, o paciente nota a volta ao ciclo normal do cabelo.

11- A perda de cabelo é um efeito colateral relacionado a muitos medicamentos. Entre os principais culpados estão antidepressivos e os que contêm hormônios (como pílula ou são destinados para pressão alta e artrite.

veja também