Gloss em alta novamente

Gloss em alta novamente

Atualizado: Segunda-feira, 15 Agosto de 2011 as 9:42

As últimas temporadas de moda, nacionais e internacionais, vieram para acabar com o reinado absoluto dos batons opacos, que já há algum tempo haviam enviado o brilho molhado ao exílio. Pois as fãs já podem comemorar, pois o gloss voltou.   Atualizado, o legal agora é apostar no produto sem glitter ou cintilância, deixando toda a atenção ao efeito molhado. E é isso que confere um ar mais casual ao gloss, enquanto o batom opaco tem uma carinha mais séria.   Na temporada internacional, o gloss deu o ar da graça na Gucci, Roberto Cavalli, Nanette Lepore e Emilio Pucci, só para citar alguns nomes. Aqui no Brasil teve muita boca espelhada, como nas marcas Neon, Fernanda Yamamoto, Nica Kessler e Espaço Fashion. Nas capas das revistas Vogue US de julho e UK de agosto, Emma Watson e Kate Moss estampam lindas de bocão com gloss.   Ricardo dos Anjos , maquiador, ensina que dá para usar apenas o gloss, ou brincar com tom sobre tom, na dupla batom + gloss, mas nesse segundo caso ele dá a dica: “O lance é optar pelo gloss gelificado, menos líquido, porque faz durar mais”. E se o produto tiver consistência mais firme, e não escorrer, também dá para usar como iluminador, blush e até sombra!  

  Para usar o produto sem medo, o maquiador Max Weber sugere não exagerar na quantidade, porque pode escorrer ou grudar nos cabelos, e aplicá-lo mais no centro dos lábios – o que dá sensação de boca maior!   Ricardo dos Anjos complementa que o ideal é uma maquiagem mais natural , sem muito brilho, pois pode dar a impressão de pele oleosa. E Ricardo alerta que o gloss é para as mais jovens: “O importante é ter pele boa, sem vincos ou rugas”.   E o maior pecado que se pode cometer ao usar gloss? “Nunca use gloss em cima de uma pele finalizada com pó. Laminha na certa!”, arremata Ricardo, referindo-se à possibilidade do produto escorrer, se misturar ao pó e fazer sujeira.   Está dada a largada à temporada do gloss!

Por Larissa Lessa

www.guiame.com.br

  Com informações de Revista criativa

veja também