Hidratações: Conheça as indicadas para cada tipo de cabelo

Hidratações: Conheça as indicadas para cada tipo de cabelo

Atualizado: Quinta-feira, 14 Janeiro de 2010 as 12

As hidratações capilares ou reposição hídrica (água) necessitam de regularidade, independente das estações do ano. Porém no Verão, os fios ficam mais ressacados devido a exposição intensa ao sol, ao mar e ao cloro da piscina. O quadro se agrava quando há a associação com produtos químicos, secadores e chapinhas. Por isso, repor o líquido perdido é fundamental para a saúde das madeixas, deixando-as mais brilhantes, sedosas e bonitas.

O tipo de hidratação e o processo adotado dependem do nível de danificação das fibras e de cada tipo de cabelo. "Se a cabeleira está muito danificada, além da hidratação, é importante associar outro processo para reconstrução dos fios. Às vezes são necessárias várias hidratações para conseguir a maciez desejada", explica Ariane Ianicelli, cabeleireira e técnica de beleza da Condor, líder na fabricação de escovas para cabelos.

Atualmente, nos salões de beleza, os ingredientes mais utilizados para hidratação dos cabelos são os silicones, óleos vegetais e minerais, ceras, manteigas, álcoois graxos, glicerina, pantenol, aloe vera e vitaminas.

Acompanhe abaixo as dicas da técnica da Condor:

Cabelos secos e com química: são porosos e precisam de água e óleo para se manterem saudáveis. Dessa forma, o melhor é repor esse nutriente. Opte por mascaras de hidratação com queratina e aminoácidos, ou seja, produtos que oferecem hidratações mais profundas e recomendadas aos cabelos ressecados por química. A periodicidade semanal é a mais indicada.

Cabelos oleosos - ao contrário do que se possa imaginar não são sinônimo de cabelos hidratados, pois a oleosidade fica apenas na raiz, não chegando ao comprimento do fio, onde acontece o ressecamento. Então, o mais indicado é fazer uma assepsia do couro cabeludo (com argila, por exemplo) para retirar o excesso de oleosidade e só depois hidratar os fios. Pode ser hidratado a cada 20 dias com cremes menos densos para não estimular mais a oleosidade.

Cabelos normais - (geralmente sem processo químico) suportam um período maior entre um tratamento e outro. Recomendo para esse tipo de cabelo as ampolas instantâneas que devolvem o brilho e os torna sedosos e maleáveis rapidamente. Um prazo de 20 a 30 dias entre uma hidratação e outra é o mais indicado.

A manutenção em casa com shampoo e condicionador indicados ao tipo de cabelo é a dica para manter a beleza e saúde dos fios, associados ao leve-in. É importante também ter sempre ter uma máscara á mão.

"No mercado há vários cosméticos disponíveis. Porém o seu cabeleireiro é profissional indicado para analisar bem o couro cabelo, diagnosticar o problema e recomendar o produto adequado. Com este cuidado, você conquistará o resultado esperado", finaliza a cabeleireira e técnica de beleza da Condor, Ariane Ianicelli.

Consultoria: Ariane Ianicelli, cabeleireira e técnica de beleza da Condor.

veja também