Lábios também merecem atenção contra os raios solares

Lábios também merecem atenção contra os raios solares

Atualizado: Sexta-feira, 25 Julho de 2008 as 12

Lábios também merecem atenção contra os raios solares

O período das férias escolares é bastante propenso para viagens, seja para cidades com o clima típico de inverno ou para regiões onde as temperaturas são mais altas, como no Nordeste. Aproveitar este período de descanso não significa descuidar da saúde. Os especialistas alertam que mesmo nos dias nublados é necessário aplicar um protetor solar para evitar os danos dos raios solares, como queimaduras, manchas, envelhecimento cutâneo precoce e até o câncer de pele. Tanto o frio excessivo como o calor podem causar alterações na barreira de proteção e desidratação na pele, em especial nos lábios que representam uma zona de transição entre a pele e a mucosa bucal Por isso, é importante o uso de protetores e hidratantes labiais, com no mínimo FPS 15.

A região labial não fica bronzeada, porém é extremamente fina e merece atenção para não rachar, principalmente no inverno, em que entre outros fatores a ingestão de água por dia tende a ser menor. "Os lábios são especialmente suscetíveis ao ressecamento e também estão mais sujeitos aos danos dos raios UV", explica a Dra. Inaya Lavôr, dermatologista.

Nos casos de rachadura e desidratação labial, a recomendação é evitar passar a língua na região, o que agrava ainda mais o quadro. "A saliva apresenta enzimas digestivas que podem agravar o quadro de ressecamento e fissuras labiais, conhecido como queilite", finaliza a Dra. Inaya.

veja também