Livre-se dos pelos encravados na barba

Livre-se dos pelos encravados na barba

Atualizado: Segunda-feira, 29 Março de 2010 as 12

Muitos homens sofrem com os pelos encravados na barba. E o pior é que eles têm que se barbear quase sempre e várias vezes acabam se machucando. Isso quando não cutucam o pelo, o que gera uma inflamação. Apesar dos inúmeros produtos de cuidados masculinos no barbear, segundo o dermatologista Adilson Costa, o problema pode ser genético.

Costa esclareceu essa e outra série de questões importantes sobre o assunto. Veja abaixo:

R7 - Por que o pelo encrava?

Adilson Costa - O pelo encravado ocorre geralmente porque ele não tem força para perfurar a superfície da pele. Sendo assim, ele acaba dobrando, tentando sair lateralmente, e provocando uma inflamação no local.

Depilar com cera seria uma alternativa inteligente?

Costa - Na realidade, não, pois a tração violenta da depilação com cera machuca ainda mais o pelo e a pele. Para quem sofre muito com pelo encravado, o melhor é a depilação a laser.

O que você sugere para evitar o surgimento dos pelos encravados?

Costa - Esfoliar a pele levemente, duas vezes por semana, é uma boa opção para amenizar o problema.

É verdade que se barbear no sentido em que o pelo cresce faz com que ele encrave menos?

Costa - Sim. O homem deve sempre fazer a barba no sentido de crescimento do pelo, nunca contrário – ação que é conhecida como "escanhoar" a barba.

O homem pode se barbear todo dia, mesmo se os pelos estiverem bem pequenos, ou isso aumenta as chances de os pelos encravarem?

Costa - Pode, mas desde que ele faça a barba no sentido do crescimento do pelo e, duas vezes por semana, esfolie a pele suavemente.

O tipo de pele influencia? Por exemplo, se a pessoa tem pele oleosa, a tendência é encravar mais?

Costa - Não existe essa relação. O principal fator para o encravamento dos pelos é a genética.

Para que serve a loção pós-barba?

Costa - Ela serve para fazer uma assepsia da pele, no pós-barbear, impedindo que haja infecções nos microcortes originados pela lâmina. E ela não precisa ser alcoólica.

Trocar a lamina do barbeador é importante?

Costa - Sim, pois quanto mais nova a lâmina, mais cortante ela é. Portanto, ela impede que o pelo encrave, já que uma lâmina nova corta e não "arranca" o fio, o que machuca a pele, piorando a inflamação do barbear.

Depois que o pelo já está encravado, o que podemos fazer?

Costa - O ideal é esperar que o pelo cresça um pouco mais e que, com uma pinça, a pessoa arranque aquele pelo, além de continuar fazer o resto da barba no sentido de crescimento da mesma.

Se barbear com maior frequência faz com que os pelos engrossem?

Costa - Não, isso é lenda popular. O pelo tem sua espessura geneticamente determinada, em todos os anos da vida: no começo, são mais finos; na maior parte da vida adulta, engrossam progressivamente; e, depois, não afinam, mas tendem a ficar esparsos.

Passar hidratante facial e protetor solar é importante nesse sentido?

Costa - Esses produtos não melhoram a questão do pelo encravado, mas são fundamentais para uma boa saúde da pele.

veja também