Manual da escova em casa

Manual da escova em casa

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 9:40

Você adora os cabelos lisos e não tem grana para viver no salão fazendo escova? Se a resposta for sim, essa matéria é para você! Vamos ensinar macetes para um alisamento rápido e eficiente. Antes, porém, é preciso se equipar. Anote aí:

O primeiro passo é comprar um bom secador - sim, você encontra marcas por menos de R$ 150. Se quiser um liso impecável, a chapinha é importante - há modelos por R$ 30. Os produtos pré-escovamento também devem estar na lista: você consegue montar um kit com defrizante, protetor térmico, mousse e spray fixador por menos de R$ 50. Considerando que o preço médio de uma escova no salão é de R$ 60, o investimento é mais do que lucrativo.

Clique AQUI para ver o passo a passo de uma escova perfeita!

O hairstylist Marcos Coraza, do Gilberto Cabeleireiros (São Paulo), afirma: "O tipo de cabelo é importante. Se for fino, a escova pode ser feita em mechas grossas e o secador não deve estar muito quente. Em cabelos grossos e porosos, as mechas devem ser mais finas. Nesse caso, é importante trabalhar bem cada parte, deslizando a escova até sentir que os fios estão brilhantes, totalmente secos e uniformes".  

Os complementos

Para Marcos Coraza, a chapinha é um complemento importante: "Ela retira toda a umidade que restou", explica. Quanto aos produtos pré-escova, ele recomenda: "Se os fios forem mais crespos ou ondulados, opte pelo defrizante. Se forem mais lisos, escolha o mousse, assim as madeixas ficarão modeladas. Importante também pensar no estilo".

Assista ao VÍDEO e aprenda a fazer uma bela escova em casa!

Para cabelos muito volumosos, é interessante que as pontas sejam escovadas para dentro. Já que tem os fios mais finos deve fazer o contrário, o que dá mais volume e aquele visual glamuroso de novela.

Dica importante: ao contrário do que muitas pessoas imaginam, o uso do secador muito quente e próximo das mechas pode gerar eletricidade nos fios, prejudicando o visual - eles ficam arrepiados. Portanto, mantenha o equipamento a uma distância de pelo menos 15 centímetros da cabeça. Não deixe o aparelho muito tempo numa mesma mecha, o que pode queimar o cabelo.

E muito cuidado com o couro cabeludo e as orelhas, eles podem sair queimados. Para se resguardar, compre protetores de orelha (em silicone), encontrados facilmente em lojas de artigos de beleza. É baratinho.

Escolha dos acessórios

No processo de escovamento, a escolha dos acessórios é importante. Coraza sugere: "Use sempre uma escova de cerdas mistas. Se o cabelo for muito fino, prefira as de cerdas bem fechadas. Para os mais grossos, cerdas mais abertas".

Se os cabelos já forem lisos, apenas uma chapinha já resolve. Mas para isso os fios devem estar limpos. Um protetor térmico é indispensável. Caso a intenção seja modelar, aplique o mousse e vire as pontas para fora, usando o secador e enrolando a escova repetidamente apenas nessa parte.

AQUI: PENTES E ESCOVAS PARA CADA TIPO DE CABELO  

Se você é daquelas que prefere as madeixas mais onduladas, faça o seguinte: com os cabelos ainda molhados, aplique bastante mousse do meio para as pontas e seque, mas fazendo a escova apenas na raiz. Use babyliss nas pontas, prenda com grampos e espere esfriar bem. Solte antes de sair de casa e passe os dedos para desmanchar e dar um visual mais natural.

Para as moças que não vivem sem uma bela escova, um recado: o cabelo precisa descansar. Segundo o especialista do Gilberto Cabeleireiros, o excesso de calor pode prejudicar os fios. "O calor deixa os cabelos cada vez mais porosos. Quem tem o costume de escovar sempre deve lançar mão de tratamentos restauradores e, claro, nunca esquecer o protetor térmico antes do procedimento". Além disso, mantenha as pontas sempre aparadas e os fios hidratados.

Cuidados com acidentes

Em abril desse ano, uma jovem morreu, em Pernambuco, vítima de choque elétrico causado por uma prancha alisadora. O acidente alarmou mulheres de todo o Brasil. Quais são os cuidados necessários?

Previna choques

Glecciano Luz recomenda: devem ser evitados ambientes úmidos, principalmente a pia do banheiro, que normalmente está molhada. Importante que os cabelos estejam totalmente secos. Ao ligar o aparelho, verificar se o plugue não está frouxo. Quando for apoiar a prancha, prestar atenção na superfície, que não pode ser sensível ao calor. Para evitar problemas, forre o local com uma toalha.

Evitar pisos molhados e não fazer o trabalho com os pés descalços também são dicas valiosas.

Queimaduras

Além dos choques elétricos, há que se atentar para outro risco: o de queimaduras na pele. Para evitar acidentes, posicione o equipamento a 90 graus do couro cabeludo. Quanto menor a chapinha, menor a chance de se machucar. Para não danificar as madeixas, a temperatura máxima deve ser de 180ºC. O ideal, portanto, é que o equipamento informe as temperaturas. Se você se queimar, lave bem o local e aplique imediatamente uma pomada anestésica dermatológica.

veja também