Manual do blush: dicas sobre como aplicar e tonalidades

Manual do blush: dicas sobre como aplicar e tonalidades

Atualizado: Quarta-feira, 17 Agosto de 2011 as 1:39

Nada como um rosto corado para espantar a palidez e dar um ar de saúde à pele. É por isso que, na maquiagem, o blush é essencial. O problema é que ele pode passar de salvação para aberração num instante. Isso porque errar no tom, exagerar na dose e não saber onde aplicar pode trazer um efeito esquisito, deixando a pele com ar artificial ou, no mínimo, não tão bonito quanto deveria. Por isso, nós preparamos um guia para você fazer bonito na hora de aplicar

Preparar a pele antes de aplicar o blush é essencial

Antes de mais nada, sua pele deve estar bem corrigida, afinal o blush pode agravar vermelhidões e manchas. Portanto, o ideal é aplicar uma base para uniformizar o tom da pele e, em seguida, uma camada de pó translúcido. Esse é o segredo para que o blush fique mais uniforme e dure mais tempo.

Onde aplicar o blush?

O maquiador Théo Carias ensina que para aplicar o blush corretamente, basta fazer um "biquinho" e passá-lo do osso do rosto para fora, em movimentos circulares.

A tonalidade de blush ideal para o seu tom de pele

Para peles muito branquinhas e pálidas, as variações de rosa são as opções mais indicadas. Para quem não é nm tão pálida nem tão morena, os blushs nos tons de damasco são perfeitos e para peles morenas, as cores amorronzadas são as ideais. Negras ficam lindas com blush vinho e gamas de marrom escuro.

Qual formulação de blush escolher: líquidos, cremosos ou em pó?

Para peles normais a secas, o mais indicado é usar blushs cremosos ou líquidos, que deixam um ar mais natural neste tipo de pele. Esta textura de blush deve ser aplicada com os próprios dedos.

Já para quem tem pele oleosa, o blush compacto é perfeito, além de durar mais do que o líquido. O produto em pó também ajuda a reduzir o brilho excessivo, característica da pele oleosa. Ele deve ser aplicado com pincel.

Qual acabamento de blush usar: opaco, mate ou com brilho?

Blush com um pouco de brilho no acabamento podem trazer vida à peles muito pálidas, já os opacos e mate combinam mais com peles oleosas, porque disfarçam o brilho excessivo.

veja também