Megahair é aposta entre as celebridades

Megahair é aposta entre as celebridades

Atualizado: Quarta-feira, 2 Junho de 2010 as 10:10

Vira e mexe atrizes e celebridades mudam o visual: cortam cabelo, desfiam, alongam, enrolam e alisam as madeixas. A maioria das vezes é para encarnar seus personagens em novelas, filmes ou peças de teatro. Mas o que tem feito sucesso entre elas é o Megahair, técnica usada para dar volume e alongar os fios. Deborah Secco, Taís Araújo, Mariana Ximenes e até Ana Maria Braga já recorreram ao método. E foi com o cabeleireiro Márcio Granado, da Casa Mauro Freire, e que fez o aplique na apresentadora Ana Maria Braga, que conversamos para saber mais detalhes sobre o procedimento.

Na verdade, o Megahair é um método em que pequenos tufos de cabelo humano são colocados próximos ao couro cabeludo. A ideia é preencher cabelos ralos para dar volume ou alongar as madeixas. A aplicação pode ser feita de diferentes formas: o Megahair pode ser colado com queratina; costurado com o próprio fio do cabelo; entrelaçado e trançado também com o próprio fio; com nó italiano (o profissional faz nó com o Megahair e a madeixa e amarra com elastex); aplicado com microlink, em que micro esferas de metal são usadas para fixar os tufos de cabelo e ainda com aplicação de tic tac. Segundo o cabeleireiro Márcio Granado, a técnica mais indicada é a que cola o Mega Hair com queratina. "Esse método é o que deixa o cabelo com ar mais natural e o segredo para ficar melhor é aplicar mechas por mechas bem finas, quase que fio a fio", ensina.  

De acordo com Márcio, outro ponto importante é prestar atenção no tipo de Megahair que é aplicado. "Existem extensões de cabelo feitas com fios indianos e coreanos, que costumam ser mais baratos e ficam bem artificiais, porque a textura e qualidade da madeixa é muito diferente. Eu, por exemplo, uso Mega Hair feito com cabelo do Sul. Apesar de mais caros, ficam bem naturais". Também é importante ficar atenta à cor dos tufos de cabelo. O tom deve ser igual ou um pouco mais claro que a cor natural dos fios.

O Megahair pode ser aplicado em pessoas que tem a partir de três dedos de cabelo. "Pode ser uma boa pedida para quem fez quimioterapia, cortou muito o cabelo e acabou se arrependendo ou simplesmente quem quer ter madeixas mais cheias e compridas", diz o especialista.

Já para quem não quer o alongamento definitivo, o mais indicado pelo cabeleireiro é a aplicação de Megahair com tic tac. Nesse caso, os tufos de cabelo são presos com presilhas e pode ser tirado todos os dias. É um efeito rápido e bacana, ideal para quem quer brincar com os cabelos.

A veterinária Eliana Cardozo, 32, faz aplique de Megahair há três anos e confessa que ama o resultado. A técnica escolhida por ela é a de entrelaçamento, que trança os fios do Megahair com o cabelo. "Decidi fazer porque meu cabelo era muito ralo, eu queria dar mais volume e gostaria que ele fosse maior. Depois que apliquei pela primeira vez, não parei mais, porque fiquei muito satisfeita com o resultado", conta Eliana, que completa que apesar de ter adorado, os fios ficaram fragilizados e perderam um pouco da força.

Mas quem optar em turbinar a madeixa com Megahair, deve ter consciência que a aplicação do método exige muitos cuidados. Para começar, o ideal é ficar 3 dias sem lavar o cabelo logo depois que fizer o procedimento. Dicas como evitar água quente, creme na raiz e secador muito próximo também ajudam, além de fazer hidratação regularmente. Mas, de acordo com Márcio Granado, o mais importante é fazer visitas esporádicas ao cabeleireiro a partir do 2º mês de aplicação. Tudo porque o Mega Hair tende a dar nó na raiz se não tiver manutenção apropriada. A técnica dura de 4 a 5 meses e deve ser tirada ou refeita depois desse período.  Os preços são um pouco salgados e variam de acordo com a cor, tamanho e qualidade da mecha. Na casa Mauro Freire, o Megahair custa de R$2.800 a R$9.000.

Por: Tamirys Collis

veja também