Melasma pode ser tratado

Melasma pode ser tratado

Atualizado: Quarta-feira, 3 Março de 2010 as 12

Se você se incomoda com os melasmas na pele do rosto, pode ficar tranquila: essas manchas não representam nenhum problema sério de saúde. O problema surge por influência de fatores que podem ser genéticos ou circunstanciais como a gravidez, a exposição excessiva ao sol, alterações hormonais ou uso de anticoncepcionais.

Tentar esconder as manchas do rosto com cremes e maquiagens não resolve. Mas existem tratamentos que ajudam a colocar fim ao distúrbio, como medicamentos que apresentam uma combinação de substâncias como hidroquinona, ácido retinoico e corticoide.

A fórmula atua sobre a doença inibindo a produção desenfreada de melanina, promovendo renovação celular e clareando as manchas. É um produto fácil de usar, causa pouco efeito colateral e é efetivo em relação ao custo.

Com o tratamento, as manchas do melasma podem desaparecer, mas ainda é necessário ter cuidado. A terapia de manutenção serve para evitar a exposição à radiação ultravioleta e o uso de um filtro solar com fator de proteção mínimo de 30 é indicado em todos os casos. Os primeiros resultados começam a se manifestar apenas após seis a oito semanas de tratamento.

veja também