Minerais do Mar Morto removem células mortas e limpam a pele

Minerais do Mar Morto removem células mortas e limpam a pele

Atualizado: Quarta-feira, 3 Outubro de 2012 as 3:15

Situado entre Israel e a Jordânia, o Mar Morto tornou-se, nos últimos anos, fonte de beleza e saúde da cútis. Isso porque, o lago oriental produz 21 sais minerais, sendo 12 deles só encontrados em suas águas e lama. Dentre outros benefícios, esses minerais são muito utilizados como matéria-prima para esfoliação da pele tanto facial quanto corporal, removendo as células mortas e deixando-a lisinha e luminosa.

Entre os sais existentes no grande lago estão o enxofre, potássio, cálcio, bromo, iodo, sódio e magnésio, que quando aplicados sobre a pele, individualmente ou em conjunto, melhoram a circulação sanguínea, reduzindo os danos causados pelos radicais livres. Os minerais também têm princípios ativos cicatrizantes, anti-inflamatórios e antissépticos que acalmam a pele e combatem as irritações dos poros.                                                                                

A ação calmante é resultado da alta taxa de sal no mar, cerca de dez vezes maior do que a dos oceanos. Por isso, não existe vida no Mar Morto, nem animais, nem bactérias. “A salinidade por sua vez, ajuda na esfoliação, nutrindo as camadas mais superficiais da pele”, afirma Mário Chagas, dermatologista da Derma Gávea, do Rio de Janeiro.                                                                                      

Os esfoliantes feitos à base de sais minerais do Mar Morto são capazes de manter a pele hidratada, macia e livre das impurezas acumuladas durante o dia, além de clarear as manchas. “Os efeitos da esfoliação cutânea são visíveis no primeiro tratamento, já que a pele fica sedosa, aveludada e macia”, explica Vanessa Metz, dermatologista e membro da Academia Americana de Dermatologia (AAD).

Todavia, esses cosméticos custam, em média, R$ 100 e devem ser aplicados duas vezes por semana para assegurar o resultado desejado. Os produtos podem ser adquiridos em farmácias de manipulação ou clínicas especializadas e têm quase a mesma eficácia que os sais retirados diretamente do lago salgado. Isso porque os cosméticos precisam de conservantes e compostos químicos, diferentemente dos minerais retirados das águas do lago oriental. 

Como aplicar o esfoliante

Para fazer a esfoliação com sais minerais provenientes do Mar Morto é preciso estar com a cútis limpa e seca. Também é importante garantir que o esfoliante seja aplicado em movimentos suaves, de maneira uniforme.

Para manter a pele luminosa o cosmético deve ser passado duas vezes por semana e o produto com 320 gramas promete render até cinco meses. Após cada aplicação é recomendado o uso do hidratante corporal para garantir a maciez da pele.

veja também