Modere no decote e arrase!

Modere no decote e arrase!

Atualizado: Segunda-feira, 2 Janeiro de 2006 as 12

Não é segredo para ninguém que a preferência nacional é o bumbum. Entretanto, o desejo das mulheres brasileiras em terem seios fartos, rijos e sensuais deixou de ser um tabu e virou moda. Hoje a cirurgia plástica para aumentar os seios com próteses de silicone é uma prática comum e muito natural.  

Normalmente, as mulheres que procuram a cirurgia sofrem de hipoplasia, ou seja, seios pequenos em relação ao resto do corpo. Esse problema pode ocorrer após a adolescência, em decorrência de um regime rigoroso ou de uma gravidez. Nos últimos dois casos, a hipoplasia vem acompanhada de flacidez.

É fato que para um resultado natural, a prótese colocada não deve ser maior do que a glândula mamária. No início, elas correspondiam aos sutiãs tamanhos 38 ou 40. Hoje, a média é de sutiãs 42 ou 44. Há dois tipos de prótese de silicone, a lisa e a texturizada, que é mais utilizada, e dois formatos, bidimensional e redonda. A escolha do tipo dependerá de sua anatomia e da técnica cirúrgica adotada.

As três técnicas cirúrgicas para a inclusão mamária:

1. Pela axila: a cicatriz é quase invisível e a prótese é colocada sob o músculo peitoral. Essa técnica é indicada para mulheres com seios pequenos ou pele muito fina, o que deixa a prótese em evidência. Apesar de preservar o seio da cicatriz, é uma região com muita enervação e vascularização, o que dificulta muito o implante.

2. Pela Periareolar inferior: essa inclusão depende muito do tamanho da aréola da paciente, mas se não ocorrer barreiras, restará uma única cicatriz em torno da metade inferior do local da cirurgia. Ela é pouco utilizada hoje por causar perda temporária da sensibilidade em até 25% das pacientes.

3. Pela inframamária: é indicada para todos os casos e a cicatriz, que varia de 2 a 6 centímetros, fica escondida no sulco da mama.

Normalmente, a cirurgia é realizada com anestesia local e dura em média uma hora. Há permanência na clínica, cerca de 8 a 24 horas. Os pontos são retirados uma semana depois.

A cirurgia pode ser feita mesmo antes da gravidez, uma vez que a prótese fica atrás da glândula mamária, ou seja, a amamentação é normal.

Pós-cirurgia

3 primeiros dias: por causa dos pontos é desaconselhável movimentar-se demais. 1º mês: use um sutiã especial e durma com ele durante 15 dias. Não carregue peso por no mínimo 20 dias, não dirija e tome sol por 30 dias, e não pratique esportes por 60 dias. Depois de um mês os hematomas desaparecem e em dois meses o resultado final é atingido. Mesmo sendo raro, um problema que pode vir a ocorrer após a inclusão é o endurecimento dos seios, chamado cápsula fibrosa (encapsulamento). Isso acontece porque para se defender do corpo estranho o organismo tenta isolar a prótese. Esse inconveniente pode ser solucionado por meio de massagens, outros procedimentos indicados pelo médico ou pela retirada e recolocação do implante em outra posição.

Dúvidas sobre prótese de silicone?

Não dá para sentir no tato, somente se ocorrer o processo de encapsulamento. Não se rompe facilmente, apenas se for perfurada, como nos casos de acidente. Não escorre, pois as mais modernas são feitas de gel coeso. Pode ser retirada a qualquer hora, mas a pele pode não voltar mais para o lugar, sobretudo em pessoas acima de 45 anos. Talvez seja indicada uma cirurgia para retirar o excesso de pele. Como ela se desgasta, deve ser trocada a cada 10 anos. Vá ao cirurgião plástico e ginecologista pelo menos uma vez por ano para examinar os seios com silicone. Por meio de exames como ultra-som e ressonância magnética dá para observar qualquer alteração. Caso aconteça, a prótese deve ser substituída. O silicone não atrapalha a mamografia.

Se você não estiver satisfeita com seu corpo, mude! Demonstre auto-estima e determinação. Entretanto, antes de se decidir pelo implante, converse com seu médico sobre cada detalhe, porque apesar de simples, rápida e com fins estéticos, não deixa de ser uma cirurgia com possibilidades de riscos.

Leia também

Modere no decote e arrase! Arme uma guerra contra as estrias! Lipoaspiração ou lipoescultura?Enxugue as gorduras localizadas do seu corpo Com as palmas das mãos e as pontas dos dedos... Tire suas dúvidas em relação à celulite Saiba como amenizar a aparência da pele com estrias Entenda, mas não relaxe: ter celulite faz parte do corpo da mulher Tratamentos mais utilizados no combate à celulite.

veja também