Mulheres não conseguem fazer dieta por mais de oito dias

Mulheres não conseguem fazer dieta por mais de oito dias

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 12:15

É muito comum ouvir comentários de mulheres que estão de dieta, porque querem ficar com o corpo igual ao de uma celebridade ou então porque o marido reclamou dos quilinhos a mais. Mais normal ainda são aquelas que encaram um regime para caber naquele vestidinho maravilhoso ou para fazer bonito dentro de um biquíni nas areias da praia. Até aqui tudo bem, você, suas amigas e conhecidas com certeza já passaram por alguma dessas situações. O curioso é que um estudo, realizado pela marca Slim-Fast, revelou que as mulheres não conseguem sustentar a dieta por um longo período. Sabe qual o tempo médio que elas encaram um regime? Oito dias. Mas por que isso acontece? Por que a maioria acaba desistindo? Qual a melhor maneira de sustentar uma dieta de forma saudável e por um longo período?

O estudo, que analisou 1000 mulheres britânicas, apontou que apenas 4% delas se sentiam seguras com suas aparências. Cerca de 42% delas estavam constantemente tentando perder peso. Algumas disseram que começaram a pensar em fazer dieta porque não estavam satisfeitas com o que viam no espelho, enquanto outras afiramaram que decidiram fazer regime por conta de algum comentário do marido. Mas a maioria não conseguiu sustentar a dieta por mais de 8 dias.

De acordo com a nutricionista Elaine de Pádua, da clínica DNA Nutri, em São Paulo, o que justifica esse comportamento de desistência das dietas é que muitas mulheres decidem fazer regime esperando um resultado imediato, uma fórmula mágica que as façam emgrecer o mais rápido possível. Geralmente são aquelas motivadas por comentários de amigos, marido, namorado ou então para entrar em um vestido para uma festa que vai acontecer em uma semana. “O que acontece é que muitas mulheres investem em dietas restritivas, algumas cortam carboidrato, outras são à base de maçã, sopa. Por conta dessas restrições, além de não ser saudável, é natural que fique difícil de sustentar”, diz Elaine, que é radicalmente contra dietas e acredita que o que funciona mesmo é reeducação alimentar.

Outro ponto indicado pela especialista é que essas dietas restritivas a que muitas pessoas se submetem quando querem um resultado de emagrecimento “para ontem” é que muitas vezes elas oferecem menos calorias do que o próprio corpo gasta em repouso. E a consequência é que a pessoa até consegue perder peso, mas não de uma maneira saudável. “Como a pessoa consome menos calorias do que o corpo precisa, as células acabam economizando energia e o resultado é que o metabolismo fica lento e a pessoa acabe perdendo massa magra”, explica ela, que completa que com metabolismo lento é muito mais difícil emagrecer.

Dieta ideal para seguir por um longo período de tempo

Para Elaine, o ideal para quem quer perder peso é mudar os hábitos alimentares e ter muita paciência. “O ideal é que a pessoa passe por uma reeducação alimentar e aprenda quais alimentos realmente valem a pena consumir”, diz.

As mulheres têm que parar de pensar em calorias e pensar mais na qualidade dos alimentos que vão consumir. Devem introduzir no cardápio aqueles que são ricos em nutrientes. Outra coisa importante para garantir o sucesso da dieta é ter paciência e mudar os hábitos com calma. “Não adianta cortar alimentos de uma vez e arrancar tudo que o paciente gosta, porque o risco de desistência é maior. Se uma pessoa gosta muito de chocolate, por exemplo, o ideal é dosar as quantidades para que ela consiga se controlar”, afirma Elaine. E ela garante que é assim, com pequenos passos que as pessoas conseguem levar os hábitos saudáveis adiante e mantê-los por um longo período.

veja também