O Véu da Noiva

O Véu da Noiva

Atualizado: Quinta-feira, 22 Setembro de 2011 as 11:12

O véu é a "cereja do bolo" do look da noiva. É o charme do visual e o responsável por boa parte do encantamento ao redor de quem está subindo no altar. Porém, se a noiva definir dar mais destaque a esse item, é preciso não exagerar no penteado e também ficar atenta a alguns detalhes.

Vale lembrar que, apesar de tradicional, o véu não é um item obrigatório. Algumas regrinhas básicas ditam o uso desse acessório: quanto mais formal o casamento, maior o comprimento do véu. A etiqueta também diz que ele é inapropriado para noivas grávidas e segundos casamentos, mas, por que não inovar? Para usar e abusar do véu, conheça seus tipos e veja algumas dicas para fazer bonito com ele.

Dicas preciosas para acertar no véu:

Véu e vestido devem conversar: O vestido e o véu devem combinar. As cores devem conversar entre si. Por exemplo: não escolha um véu marfim para um vestido branco. Se o vestido for muito ornamentado, prefira um véu simples. Lembre-se de que a ornamentação do véu não deve terminar no local onde o vestido for mais enfeitado e também de que os enfeites do véu devem combinar com os detalhes do vestido.

Um véu para cada tipo de rosto: Outra dica muito importante é que o véu deve combinar com o tipo de face da noiva. Se tem uma face quadrada, prefira um véu mais longo. Para faces redondas, véus em cascatas, adornados com tiaras ou coroa de flores e cristais é uma boa solução. Já as que têm faces triangulares, devem usar véus que pendam da parte anterior da cabeça.

Combine o véu com seu tipo físico: Além da face, o véu também tem que combinar com o seu tipo físico. Noivas altas e magras podem usar véu preso abaixo do coque. Já para as baixinhas, recomenda-se usar o cabelo preso.

veja também