Os fatores que prejudicam a elasticidade e a força do cabelo

Os fatores que prejudicam a elasticidade e a força do cabelo

Atualizado: Segunda-feira, 28 Novembro de 2011 as 1:18

Cuidar do cabelo é uma tarefa difícil. Tem que lavar, hidratar, cortar e até mesmo a rotina pode causar danos aos fios. A elasticidade é o que faz com que os cabelos não se quebrem com facilidade. No entanto, situações de mudanças climáticas, exposições a produtos químicos, processo de coloração, escovas progressivas, exposição ao sol podem causar danos irreversíveis aos cabelos.

O tricologista Ademir Jr, apresenta cinco situações que podem diminuir a resistência da madeixa, confira:

1- Radiação Solar: as radiações solares levam a danos irreversíveis. Essas reduzem a elasticidade e a força de tensão ao extremo por lesão das proteínas capilares.

2- Shampoo: o uso de produtos como shampoos, que contém espumantes (surfactantes), acabam lesando os fios. Porém os danos causados por produtos de limpeza, costumam ser muito pequenos quando comparados a qualquer outro procedimento químico capilar.

3- Escova Progressiva: fios que passaram por escovas progressivas ou permanentes também sofrem mudanças na sua estrutura interna que acaba provocando redução na sua capacidade de extensão ao pentear. Logo, são cabelos que suportam menos força e se quebram com mais facilidade.

4- Coloração: as colorações modificam a capacidade elástica dos fios. Os danos são maiores quando se passa de uma cor mais escura para uma mais clara. Cabelos que foram clareados por qualquer método costumam ter menor elasticidade do que cabelos não clareados. Isto porque o clareamento altera de forma significativa a estrutura protéica capilar reduzindo sua elasticidade e força frente a trações.

5- Produtos com PHs Extremos: produtos com pHs muito baixo, ou mais elevados costumam causar danos irreversíveis aos fios quando o tempo de exposição é relativamente longo.

“Cabelos com força e elasticidade comprometidas precisam de atenção especial no que diz respeito a cuidados de reparos. Entre os procedimentos que ajudam na recuperação parcial dos fios (uma vez que a reparação total é improvável), as hidratações, as cauterizações e as queratinizações são as escolhas principais. Cuidados em casa com produtos suaves e protetores (silicones e produtos sem enxague), devem ser realizados para colaborar com a saúde dos fios”, recomenda o especialista.

veja também