Os mitos da água do mar nos cabelos; confira cuidados

Os mitos da água do mar nos cabelos; confira cuidados

Atualizado: Quinta-feira, 5 Janeiro de 2012 as 8:27

Nesta época de férias, cabeleireiros e médicos não se cansam de falar sobre os estragos que a água do mar pode causar aos cabelos. Mas com tanto calor Brasil afora é praticamente impossível resistir e não dar ao menos um mergulhinho. Para que você aproveite a praia podendo se refrescar sem prejudicar os fios, conversamos com o dermatologista Marcelo Bellini. Ele desvenda os mitos da ação do mar sobre as madeixas e ainda dá dicas de cuidados. 

O mar desidrata a fibra capilar. Verdade “A água do mar é rica em cloreto de sódio, substância que abre demais as cutículas do cabelo, deixando o fio mais poroso. O resultado disso é uma perda maior de líquido na fibra capilar”, explica o médico. Em outras palavras, os cabelos perdem a maciez, ficam opacos e profundamente secos. 

É essencial enxaguar os fios com água doce após um mergulho no mar. Verdade O doutor Bellini diz que tomar uma ducha de água doce é imprescindível para retirar o excesso de sal cabelos. “Essa ação é necessária porque o cloreto de sódio presente na água deposita-se nos cabelos durante o período que a pessoa está praia. Este acúmulo resseca ainda mais os fios”, diz.

É indiferente entrar no mar com os fios presos ou soltos. Mito “Mergulhar com cabelo preso é importante para diminuir o contato do cabelo com a água salgada”, responde o dermatologista.

Os cabelos tingidos sofrem mais com as agressões do sal. Verdade Ao deixar o fio mais poroso, a água do mar também faz com que a cor desbote mais rapidamente. Por isso, os cabelos com tintura necessitam de tratamento especial para que a coloração não dure menos tempo. “Hidratação intensiva e uso de leave-in são os cuidados essenciais. É necessário também recorrer a xampus para cabelos tingidos que aumentam a fixação do pigmento ao fio”, ensina Bellini.

Não é preciso reaplicar o leave-in após sair do mar. Mito “Utilize sempre o leave-in antes de ir à praia. Durante a permanência, é importante tomar duchas de água doce de tempos em tempos e após essa lavagem reaplicar o leave-in”, comenta.

veja também