Para proteger a boca do sol e do envelhecimento

Para proteger a boca do sol e do envelhecimento

Atualizado: Terça-feira, 23 Agosto de 2011 as 10:51

  O envelhecimento precoce da pele costuma incomodar e, para evitá-lo, muitas mulheres não abrem mão dos protetores, cremes e hidratantes. Mas em contrapartida essas um bom número dessas mesmas mulheres acaba esquecendo-se de cuidar de uma parte essencial do rosto: a boca.  

Porém, se você quiser ter lábios tão bonitos quanto os de Angelina Jolie ou de Alinne Moraes – independentemente do tamanho –, é imprescindível tratar bem deles. Segundo o cosmetólogo Paschoal Rossetti Filho, os lábios são compostos por um tecido de transição entre a parte interna da boca e a pele e, além da forte musculatura, são recobertos por uma fina camada epidérmica transparente. “Por serem formados e irrigados por incontáveis vasos sanguíneos, eles possuem a cor avermelhada típica”, comenta.  

O Cosmetólogo, contudo, alerta que, por não possuírem glândulas sebáceas para torná-los oleosos e glândulas sudoríparas para umedecê-los, essa lubrificação é feita pela própria saliva, cuja função pode ser prejudicada quando eles ficam expostos ao meio ambiente sem proteção, seja no inverno ou no verão.  

“Como praticamente não há melanina nos lábios, é fundamental protegê-los contra os raios ultravioletas durante as altas temperaturas e da baixa umidade relativa do ar durante o inverno. Além de evitar o ressecamento e o envelhecimento precoce, deve-se proteger essa região para evitar, inclusive, o câncer labial. Deste modo, recomendo o uso de um produto específico”, informa o especialista, referindo-se aos protetores labiais com FPS.

As mulheres contam ainda com um ajudante de peso: o batom. O item de maquiagem preferido de nove entre dez mulheres possui efeito umectante e substâncias que agem como protetores solares. Porém, o especialista observa que nada substitui um produto específico na qual a composição é à base de ativos seguros e altamente eficazes. “O batom é um ótimo coadjuvante, no entanto, há pessoas, sobretudo os homens, que não usam esse produto. Por esta razão, o fotoprotetor labial é insubstituível para o uso diário”, finaliza.      

veja também