Personal shoper dá dicas para montar um guarda-roupa do zero

Com peças-chave é possível montar um closet do zero.

Fonte: Guiame, com informações de ElleAtualizado: terça-feira, 1 de março de 2016 20:40
Com peças-chave é possível montar um closet do zero. (Foto: Reprodução)
Com peças-chave é possível montar um closet do zero. (Foto: Reprodução)

Mudar de estilo ou dar uma renovada no guarda roupa antigo não é tão complicado o quanto parece. Com peças-chave é possível montar um closet do zero. Para orientar a missão de forma eficiente, a stylist e personal shoper Juliana Bulamarqui, autora do livro “101 dicas de uma personal shopper”, deu algumas dicas para a revista Elle:

Comece pelo essencial

O primeiro passo é iniciar o novo guarda roupa com peças básicas e clássicas, que vão garantir um armário que permita uma maior quantidade de combinações.

“Um jeans bacana, um tubinho preto que seja versátil, camisa social branca e jeans, uma calça preta de alfaiataria, uma saia reta e muitas cores neutras são alguns dos itens que não podem faltar no guarda-roupa de toda mulher”, garante a especialista.

Além das peças, a stylist explica que é essencial saber escolher os acessórios que irão compor o visual e tirar as roupas básicas da mesmice. “Bijoux, lenços, um cardigan de animal print e cintos são ótimas opções para trazer estilo e versatilidade para as produções”, sugere.

Quantidade não garante qualidade

Juliana frisa que não existe uma quantidade certa de peças para montar um armário completo. “Tudo vai depender do estilo de vida de cada mulher. Contudo, o ideal é que você tenha sempre o dobro de partes de cima para poder coordenar vários looks diferentes e ter um armário inteligente”, explica.

Para quem quer balancear os estilos das peças, a stylist indica a seguinte proporção: 10% fast fashion, 40% acessórios e 50% peças clássicas.

Pense no verão e inverno

Juliana indica que vale a pena investir em algumas peças específicas de acordo com a estação. “No verão não pode faltar vestidos e saias leves, shorts, batas de algodão, pantacourt e muita fibra natural. Já no inverno, vá de tecidos metalizados, blusas e camisas no estilo vitoriano; o xadrez assimétrico e diagonal”.

Pense também nos sapatos

"Com um escarpim, uma sapatilha neutra, sandália rasteira, espadrille, sandália alta de tira e uma bota de salto já da para combinar com peças de todos os estilos e para todas as ocasiões”, orienta Juliana.

Para a stylist, um closet completo é aquele que você usa pelo menos 90% das peças que estão lá. “Ao contrário do que a maioria pensa, não precisa ter um armário enorme lotado de peças. Mas sim um closet que atenda todas as demandas do seu dia a dia”, indica.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições