Pós-parto: espaço na agenda para a beleza

Pós-parto: espaço na agenda para a beleza

Atualizado: Sexta-feira, 19 Agosto de 2011 as 11:39

  Ser uma boa mãe, uma esposa companheira, profissional de destaque, manter a casa impecável, estar bonita, ter amigos, fazer sucesso. Ufa! Só sendo uma supermulher para agüentar toda essa cobrança. E será que sobra um tempinho para ser você mesma?  

Cuidado! Ter que dar certo em tantos papéis cansa, e o resultado pode ser depressão, crises de estresse, ansiedade e até problemas de saúde mais prosaicos, como dor-de-cabeça e cansaço. É saudável e necessário definir prioridades e redesenhar a sua necessidade de responder a todas essas pressões externas.

A vida real não é uma propaganda de margarina, e a sua família não é estrela de comercial de TV. As coisas não saem perfeitas, mesmo. Em vez de se culpar por isso, ou tentar fazer tudo ao mesmo tempo e não conseguir fazer nada direito, respire fundo.

Diga não para as cobranças que vêm de fora e de dentro de você. Aceite que há limites de tempo, habilidade, dinheiro, energia para fazer tudo como você se sente obrigada a fazer. Aproveite isso para se planejar melhor, deixando na agenda só o que é importante ou sua responsabilidade intransferível.  

Muitas tarefas cotidianas podem ser delegadas, abolidas ou feitas de um jeito mais simples. Talvez não fique tão perfeito e você provavelmente terá que fazer escolhas e abdicar de algumas coisas. Em compensação, terá tempo para as tarefas realmente importantes, como curtir o seu filhote.  

O espelho de fora e o de dentro  

Pode ser um susto. Logo após o parto, a imagem refletida no espelho não se parece muito com aquela refletida há cerca de 9 meses. Os seios estão maiores, a pele pode estar marcada com estrias, o corpo ficou mais arredondado, as calcinhas e sutiãs são pavorosos, as roupas mais largas.  

Muita calma. Olhe de novo: além desses sinais, o que mais você vê? Somos muito mais do que o espelho reflete. Quem é este ser que só se vê quando olha para fora? Que só se reconhece pelo olhar dos outros? Ninguém sobrevive sem o apoio das pessoas queridas.

Mas, além de contar com a opinião externa, é importante prestar atenção nos seus desejos. É claro que você quer se sentir bonita de novo. Mas dê tempo ao tempo. O organismo precisa se recuperar do processo da gravidez e do parto. Com a amamentação e o agito dos primeiros meses, o peso tende a voltar ao normal. Mais pra frente, há dezenas de soluções estéticas para todo tipo de problema que ficar.  

Pense bem: a sua família, seus amigos, as pessoas que você ama, quando te olham, enxergam as formas externas ou te admiram por outros atributos não visíveis aos olhos? A maternidade também traz mudanças positivas, que você vai perceber aos poucos. E essa não é a hora de ficar angustiada por causa da vaidade.  

Há outras coisas mais importantes para viver e aproveitar. Quanto mais você fizer isso, mais vai curtir a maternidade e relaxar das encanações do corpo -- pelo menos, por enquanto. Resultado? Um humor lá em em cima, que deixa você prestar a atenção num forma diferente de beleza, bem mais importante e vistosa.  

veja também