Pronta - rapidinho - pra festa

Pronta - rapidinho - pra festa

Atualizado: Quarta-feira, 26 Janeiro de 2011 as 9:21

Vestidinho + meia-calça todo mundo faz, legal é surpreender quando a gente recebe convite pra festinha ou pra uma balada depois do trabalho, né? Sendo confortável – visual bom de festa é o que a gente usa e nem lembra que tá usando (a não ser na hora do elogio!) -, com disposição pra exercitar criatividade e sem precisar de muito tempo (ou preparação), a gente consegue look fresco e celebrativo assim, ó:

• peças “luxuosas” usadas mesmo num contexto dia-a-dia fazem muita diferença: imagina usar uma camiseta de veludo com um shortinho de algodão, ou uma calça de seda lustrosa (mesmo saruel!) com a regata de sempre… tecidos de festa, em pequenas porções e usados junto com outros tecidos beeem mais informais, tiram qualquer look do lugar comum – e acrescentam adequação ao visual de festinha.

• “acessórios de casamento” contam também como essas peças feitas em tecidos luxuosos: pensa só que um brincão pode levantar um vestidinho mais neutro, uma micro-bolsinha em formato original pode fazer brilhar um macacão neutro, até sapatilhas e rasteiras forradas em tecido ou com pedraria podem passear o dia todo com a gente e emendar na balada à noite, né?

• a Diane Von Furstemberg (que sabe das coisas) dá duas dicas bem boas, anota aí:

dourado e prateado (metalizados né gente) SEMPRE rendem looks festivos

usar quase-nada de maquiagem no dia-a-dia faz com que qualquer esforço extra seja super representativo no quesito “estou arrumadinha”

• coordenar duas peças (camisa + saia, bermuda + regata, shortinho + casaqueto, calça curta + camiseta) tem sempre mais chance de render interessâncias do que usar peça única.

• atitude celebrativa conta pontos no visual como um todo: carregar a vibração do trabalho pra festa é tipo usar uma mochila Jansport no lugar da carteira chiquérrima que o look pede. Acessório essencial pra qualquer balada é um sorrisão animado.

veja também