Queda de cabelos: um problema que tem solução

Queda de cabelos: um problema que tem solução

Atualizado: Segunda-feira, 11 Outubro de 2010 as 10:21

Durante décadas a calvície sempre foi associada ao sexo masculino. No entanto, foi comprovado que, embora predomine nos homens, o problema vem atingindo também um número significativo de mulheres — um mal que, a princípio, parece ser bem mais difícil de lidar, já que, para elas, o cabelo é 'tudo' . A queda dos fios derruba a autoestima e, geralmente, ocorre após a puberdade, por conta do aumento da produção dos hormônios sexuais. Analisar sua natureza hereditária, no entanto, facilita o diagnóstico, o prognóstico e, consequentemente, o tratamento. A calvície feminina também pode sofrer o impacto de uma simples gravidez, do uso de determinados anticoncepcionais ou mesmo da chegada da menopausa. Estresse, poluição e má alimentação são outros fatores de risco. Além disso, é preciso que sejam pesquisadas outras causas desencadeantes. O uso de produtos químicos inadequados ou mesmo consequência de doenças gerais como tireóide, anemia e deficiência nutricionais também desencadeiam o problema, mas, para qualquer um dos casos, há tratamento e é possível, sim, reverter satisfatoriamente a queda.

Calma, a perda de fios pode ser normal

A perda média diária de 70 a 100 fios de cabelos é considerada normal e não deve ser motivo de preocupação. Isso caracteriza a reposição de cabelos novos.

Tratamentos

Sim, é perfeitamente possível reverter o caso e acabar de vez com a queda. São dois os métodos de tratamento: controlar enzimas ou promover uma melhor vascularização do local. Porém, a avaliação só pode ser feita por um especialista, que estuda caso a caso e, então, indica o melhor método para você.

Durante décadas a calvície sempre foi associada ao sexo masculino. No entanto, foi comprovado que, embora predomine nos homens, o problema vem atingindo também um número significativo de mulheres — um mal que, a princípio, parece ser bem mais difícil de lidar, já que, para elas, o cabelo é 'tudo' . A queda dos fios derruba a autoestima e, geralmente, ocorre após a puberdade, por conta do aumento da produção dos hormônios sexuais. Analisar sua natureza hereditária, no entanto, facilita o diagnóstico, o prognóstico e, consequentemente, o tratamento. A calvície feminina também pode sofrer o impacto de uma simples gravidez, do uso de determinados anticoncepcionais ou mesmo da chegada da menopausa. Estresse, poluição e má alimentação são outros fatores de risco. Além disso, é preciso que sejam pesquisadas outras causas desencadeantes. O uso de produtos químicos inadequados ou mesmo consequência de doenças gerais como tireóide, anemia e deficiência nutricionais também desencadeiam o problema, mas, para qualquer um dos casos, há tratamento e é possível, sim, reverter satisfatoriamente a queda.

Calma, a perda de fios pode ser normal

A perda média diária de 70 a 100 fios de cabelos é considerada normal e não deve ser motivo de preocupação. Isso caracteriza a reposição de cabelos novos.

Tratamentos

Sim, é perfeitamente possível reverter o caso e acabar de vez com a queda. São dois os métodos de tratamento: controlar enzimas ou promover uma melhor vascularização do local. Porém, a avaliação só pode ser feita por um especialista, que estuda caso a caso e, então, indica o melhor método para você.

Durante décadas a calvície sempre foi associada ao sexo masculino. No entanto, foi comprovado que, embora predomine nos homens, o problema vem atingindo também um número significativo de mulheres — um mal que, a princípio, parece ser bem mais difícil de lidar, já que, para elas, o cabelo é 'tudo' . A queda dos fios derruba a autoestima e, geralmente, ocorre após a puberdade, por conta do aumento da produção dos hormônios sexuais. Analisar sua natureza hereditária, no entanto, facilita o diagnóstico, o prognóstico e, consequentemente, o tratamento. A calvície feminina também pode sofrer o impacto de uma simples gravidez, do uso de determinados anticoncepcionais ou mesmo da chegada da menopausa. Estresse, poluição e má alimentação são outros fatores de risco. Além disso, é preciso que sejam pesquisadas outras causas desencadeantes. O uso de produtos químicos inadequados ou mesmo consequência de doenças gerais como tireóide, anemia e deficiência nutricionais também desencadeiam o problema, mas, para qualquer um dos casos, há tratamento e é possível, sim, reverter satisfatoriamente a queda.

Calma, a perda de fios pode ser normal

A perda média diária de 70 a 100 fios de cabelos é considerada normal e não deve ser motivo de preocupação. Isso caracteriza a reposição de cabelos novos.

Tratamentos

Sim, é perfeitamente possível reverter o caso e acabar de vez com a queda. São dois os métodos de tratamento: controlar enzimas ou promover uma melhor vascularização do local. Porém, a avaliação só pode ser feita por um especialista, que estuda caso a caso e, então, indica o melhor método para você.

Durante décadas a calvície sempre foi associada ao sexo masculino. No entanto, foi comprovado que, embora predomine nos homens, o problema vem atingindo também um número significativo de mulheres — um mal que, a princípio, parece ser bem mais difícil de lidar, já que, para elas, o cabelo é 'tudo' . A queda dos fios derruba a autoestima e, geralmente, ocorre após a puberdade, por conta do aumento da produção dos hormônios sexuais. Analisar sua natureza hereditária, no entanto, facilita o diagnóstico, o prognóstico e, consequentemente, o tratamento. A calvície feminina também pode sofrer o impacto de uma simples gravidez, do uso de determinados anticoncepcionais ou mesmo da chegada da menopausa. Estresse, poluição e má alimentação são outros fatores de risco. Além disso, é preciso que sejam pesquisadas outras causas desencadeantes. O uso de produtos químicos inadequados ou mesmo consequência de doenças gerais como tireóide, anemia e deficiência nutricionais também desencadeiam o problema, mas, para qualquer um dos casos, há tratamento e é possível, sim, reverter satisfatoriamente a queda.

Calma, a perda de fios pode ser normal

A perda média diária de 70 a 100 fios de cabelos é considerada normal e não deve ser motivo de preocupação. Isso caracteriza a reposição de cabelos novos.

Tratamentos

Sim, é perfeitamente possível reverter o caso e acabar de vez com a queda. São dois os métodos de tratamento: controlar enzimas ou promover uma melhor vascularização do local. Porém, a avaliação só pode ser feita por um especialista, que estuda caso a caso e, então, indica o melhor método para você.

veja também