Resumão das principais tendências para o verão 2011

Resumão das principais tendências para o verão 2011

Atualizado: Quarta-feira, 2 Junho de 2010 as 10:04

Uma das semanas de moda mais esperadas do ano no Brasil, o Fashion Rio,  acabou nesta terça-feira, 1º de junho e apresentou as tendências da primavera/verão 2011. Várias marcas como Cantão, TNG, Espaço Fashion e Maria Bonita Extra, desfilaram suas coleções e mostraram tendências em comum. Por isso, fizemos um resumão do que vai pegar na estação do calor, de acordo com as grifes da semana carioca.

A maioria da marcas apresentou tendências étnicas, entre elas Walter Rodrigues, Mara Mac, Redley, Claudia Simões, Ausländer e Juliana Jabour. Cada uma apostou em uma cultura e região diferentes. As transparências foram unânimes na passarela, tanto para o segmento feminino como para o masculino. Isso significa que no verão 2011, a transparência é uma moda que vai ser muito forte.

Junto com a transparência, formas, propostas de maquetarias texteis (que muitas vezez formam flores), babados, laços e estampas com motivos florais, vem o estilo romântico que foi muito apostado pelas grifes.

Todos os estilistas tiveram uma preocupação com temas ecologicamente corretos e abordaram isso nas suas coleções. Mara Mac, por exemplo, falou sobre tormentas do mar, que foram causadas pelas fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro no começo do ano. As marcas investiram muito em chapéu, mas mais por conta da questão solar, de nos proteger contra os raios ultravioletas tão fortes e intensos no verão.

Os tecidos brilhantes, paêtes, bordados, propostas de tecidos eco-sustentáveis, novos texteis e texturas, maquetes texteis diferenciadas, tecidos leves, fluídos e misturas de materiais são grandes apostas dos estilistas para o verão 2011.

Os volumes estão mais concentrados no quadril, apesar de alguns estilistas apostarem em volumes localizados nos lugares mais inusitados ao longo da silhueta. O ombro estruturado ainda aparece como tendência no verão 2011, mas de forma mais delicada, causado por franzidos, babados ou volumes obtidos por moulage.

As silhuetas são mais românticas. A cintura marcada é uma tendência muito vista em saias tulipas, shorts com preguinhas na cintura e mais alargados na barra (que tem uma pegada oitentista) e calças com esse mesmo conceito. Outra coisa muito vista foi a silhueta dos anos 50 e 60, que são as saias godês ou evasês, bem rodadas e marcadas na cintura. Aparecem também as peças curtíssimas, saias e vestidos bandage.

A barriga de fora é uma tendência que já foi sugerida em algumas coleções internacionais anteriores, como Chanel, Prada, Miu Miu e Gucci, e agora os criadores nacionais adotaram em suas coleções. Quanto mais pele aparecer nesse verão, melhor. Algumas marcas apostaram em roupas com muitas aberturas e vazados. A assimetria nas peças também é um ponto em comum nos diversos desfiles apresentados nesse Fashion Rio, as blusas com um ombro só, por exemplo, aparecem também com muita freqüencia.

A maioria das estampas é digital, aplicadas em tecidos mais delicados como organza, cetim, cetim de seda e transparências, claro que tem suas exceções. Muitas estampas inspiradas nos anos 70, com bastante informação e motivos geométricos, tipo Op-art, também foram bastante vistas.

A cartela de cores dessa estação é muito ampla. Ela tem tons muito vivos e extravagantes, cores neutras com pegada eco, candy colors, cores fluor, além de fluors com tons mais claros. O pink, laranja, coral (com uma gama de tons imensa) e os azuis também são grandes apostas. Enfim, esse verão será marcado por muitos excessos de cores, estampas, volumes, curtos e materiais diversos.  

Por: Bruna Heloisa Cardozo

veja também