Rotina noturna de pele

Rotina noturna de pele

Atualizado: Sexta-feira, 16 Setembro de 2011 as 8:06

Assim como a pele exige uma limpeza matinal para mantê-la tratada e bonita pelo resto do dia, ao chegar em casa são necessários outros cuidados para retirar as impurezas acumuladas. Nesse momento entram em ação aqueles produtos específicos para o período noturno, que recuperam e tratam a pele dos danos diários.

O passo a passo é basicamente igual para todas as mulheres. Porém, os produtos devem ser adaptados a cada tipo de pele. A pele jovem – geralmente mais oleosa e com acne – necessita de propriedades diferentes das mais velhas, que utilizam produtos que diminuem linhas de expressão. “Peles oleosas necessitam de adstringentes, enquanto as mais maduras precisam de ativos hidratantes e cremosos”, explica a dermatologista Shirlei Borelli.

Para aquelas que praticam exercícios à noite, ela comenta que a pele deve ser limpa para retirar o que se acumulou durante a atividade física. Isso porque a oleosidade, o suor e as impurezas obstruem os poros, e podem ocasionar acne, espinhas ou deixar o rosto opaco.

Passo 1: remover o make – Antes de tudo, é preciso retirar a maquiagem do rosto, pois sua permanência por tempo prolongado obstrui os poros e impede a ação das propriedades ativas dos cremes e tratamentos. A dermatologista Valéria Marcondes lembra que não basta só lavar o rosto com sabonete. “É necessário aplicar um produto com essa finalidade, livre de álcool e óleo. Além de tirar o make, eles ainda retiram as impurezas provenientes da poluição”. Outras opções de demaquilantes também são eficientes, entre elas o gel (para peles oleosas), o leite de limpeza, óleos (que removem maquiagem à prova d’água) ou os lenços umedecidos.

Passo 2: lavar e tonificar – O próximo passo envolve lavar o rosto com sabonete próprio ao tipo de pele e aplicar um tônico. “Considero o sabonete líquido melhor do que o em barra, pois ele não retira a oleosidade natural”, sugere Valéria. Em relação à tonificação, ela explica que deve ser realizada após a limpeza, para normalizar o pH da pele.

Passo 3: hidratar e tratar – Com a pele devidamente limpa, o caminho está livre para que os cremes noturnos penetrem e seus princípios ativos entrem em ação. “Podem ser indicados  hidratantes  mais consistentes ou cremes para a área dos olhos que durante o dia poderiam deixar a pele com muito brilho“, esclarece a dermatologista Celina Ponte. É nesse momento do dia que também devem ser aplicados os ativos mais agressivos (geralmente os ácidos) caso haja necessidade, pois podem causar irritação ou sensibilidade devido a sua incompatibilidade com a luz solar.

veja também