Saiba como acabar com os cabelos arrepiados em dias de chuva

Como evitar os cabelos arrepiados

Atualizado: Sexta-feira, 27 Janeiro de 2012 as 11:06

Os dias chuvosos de verão são os piores para conseguir deixar os cabelos no lugar. Mesmo sequer tomando chuva os fios se arrepiam só com umidade presente no ar. Os cabelos ficam elétricos e o visual acabado.

Confira algumas dicas de como evitar a nuvem de rebeldia que paira sobre suas madeixas.

A umidade quando entra em contato com os fios carregados de hidrogênio, causa uma ligação química natural que altera a estrutura dos cabelos e os deixa arrepiados. Nesse caso, explica o cabeleireiro Joe Rocha, do salão RW Hair Design, as cutículas dos fios se abrem e eles tendem a “voltar ao seu estado normal”.

O que isso significa? Na prática, é a morte da chapinha e do secador. Para evitar esse efeito cruel, uma opção é impermeabilizar os cabelos com um spray ou leave-in que crie uma película protetora.

Os produtos anti-frizz que vemos no mercado não agem sobre os arrepiados, mas servem para tirar a ondulação dos cabelos, o que, em caso de chuva, pode ser muito interessante. Algumas dicas do cabeleireiro são o silicone Lumino Contrast da L’Oreal, o óleo Lifetex Extra-Rich da Wella e a cera siliconada Girl Toys da BedHead.

Mas não é só a chuva que causa frizz nas madeixas. Basta alguns minutos no secador para os fiozinhos começarem a subir. O atrito do vento seco com o fio gera eletricidade estática e o cabelo fica com aquela 'nuvem’ de fios arrepiados.

A solução? Para o cabeleireiro Joe Rocha, o melhor é esperar. “A eletricidade vai e vem, então depois de algum tempo o cabelo volta ao normal”, explica ele.

Mas a paciência é uma dádiva que nem todas temos. Por isso, existem os pentes de madeira, que são anti-estáticos e ajudam o cabelo a “descer” na hora.  Agora, não são apenas os secadores e os dias úmidos que deixam nossos fios arrepiados, são?

Quando o cabelo está ressecado, a “nuvem de rebeldia” também pode aparecer. Nesses casos, o ideal é um tratamento de choque, com hidratação intensiva. Se não houver tempo para isso, use um reparador de pontas, um silicone ou uma pomada (eles apenas controlam o arrepio, mas não recuperam o cabelo). Se o problema forem pontas duplas, esqueça: o jeito é cortar mesmo.

veja também