Saiba como acabar com os pelos encravados nas axilas e virilha

Saiba como acabar com os pelos encravados nas axilas e virilha

Atualizado: Quinta-feira, 15 Dezembro de 2011 as 11:08

A foliculite é um problema simples de ser resolvido, mas que causa um grande incômodo para as mulheres que sofrem com ela. Principalmente em áreas como virilha e axilas, onde os pelos são mais grossos, o surgimento das bolinhas e irritação são extremamente comuns. 

Segundo a Dra. Patrícia Ormiga, dermatologista coordenadora do ambulatório de cosmiatria da pós-graduação em dermatologia do Hospital Naval Marcílio Dias, a foliculite é causada por uma infecção no folículo pilossebáceo que pode evoluir para uma inflamação. “O folículo pilossebáceo é o lugar por onde saem os pelos e que há glândulas sebáceas também. As causas para essa infecção são variadas, mas a mais comum é o atrito”, explica. 

Como prevenir

A depilação é uma das grandes desencadeadoras do processo inflamatório, seja ela com cera ou com lâmina. Então, para evitar que o problema apareça, diminuir o atrito nessa região nos dias que seguem à depilação é uma boa dica. 

“O uso de calças jeans apertadas aumenta os riscos, assim como raspar a região sem um intervalo de dois a três dias. Se for possível, a mulher deve preferir raspar a região no sentido de crescimento do pelo, e não o contrário, como geralmente é feito”, ensina a médica. Por fim, esfoliações suaves com produtos específicos para o corpo também podem ajudar a evitar o problema. 

Como tratar

Quem já sofre com a foliculite deve procurar o dermatologista o mais rápido o possível. Apesar de ter um tratamento simples, a inflação nos folículos pode evoluir para quadros mais graves como furúnculos ou erisipela, que causam dor e desconforto nos pacientes. 

“Nos casos mais brandos, antibióticos de uso tópico são suficientes, mas em pacientes que tem um quadro recorrente, o ideal é fazer um tratamento de médio e longo prazo com antibióticos via oral, e se por fim, nada disso funcionar, indicamos uma depilação a laser que vai, literalmente, eliminar o problema pela raiz”, informa Patrícia.

veja também