Saiba como por um fim as pontas duplas

O fim das pontas duplas

Atualizado: Terça-feira, 29 Outubro de 2013 as 6:41

Toda mulher sonha em ter cabelos hidratados e saudáveis. O que mais vem sendo a preoculpação delas, são as pontas duplas. As pontas duplas costumam aparecer quando o fio está maltratado e, consequentemente, a sua estrutura acaba ficando mais fraca. É nesse momento que a extremidade da cutícula capilar se divide em duas, três, quatros.. 

Mas para por um fim a essas pontinhas indesejáveis, conheça algumas dicas de cuidados com as madeixas.
 
1- Hidrate o cabelo toda semana. As máscaras mais indicadas são as que contém queratina e  vitaminas A e E na fórmula, que ajudam a recuperar a fibra capilar. Procure pelas expressões ?reconstrutora? e ?tratamento intensivo? nas embalagens.
 
2- Durma com óleo nutritivo nos fios. Espalhe umas três ou quatro gotinhas de algum óleo, como o de Arga, nas pontas. As fibras se regeneram melhor durante à noite, quando o corpo está em repouso, e liberam hormônios que ajudam no processo de hidratação.
 
o fim das pontas duplas3- Escolha o reparador de pontas ideal para o seu cabelo. Ele é uma solução temporária, não trata o problema. Mas, como o produto disfarça o frizz, não dá para abrir mão dele. Reparadores à base de silicone são indicados para cabelos finos e menos pesados. Já os com óleo na formulação se dão bem com fios mais grossos.
 
4- Não dispense um bom protetor térmico. Para quem não consegue ficar sem secador, chapinha ou babyliss, a saída é aplicar um protetor térmico antes de sair aumentando a temperatura. Esses produtos protegem os fios e evitam que eles fiquem ainda mais danificados.
 
5- Hidrate os fios no salão a cada dois meses. Peça por uma cauterização capilar, uma espécie de hidratação finalizada com uma fonte de calor. Mas não estraga o cabelo? Não, pelo contrário, ela consegue prender melhor a queratina no fio e faz com que o cabelo continue sem pontas duplas por mais tempo.
 
6- Corte o cabelo com regularidade. Essa é a solução mais definitiva de todas. Se você mantiver o corte em dia, não vai precisar passar por nada muito drástico. Agora, quanto mais esperar, mais terá que diminuir o comprimento. O ideal é que você corte a cada dois meses! 
 
 
 
Com informações de: Capricho

 

veja também