Saiba escolher seus xampu

Saiba escolher seus xampu

Atualizado: Quarta-feira, 28 Maio de 2008 as 12

Com tantas opções no mercado, é essencial escolher um produto que contenha proteínas e potentes ativos que hidratam, dão brilho e maciez aos cabelos Cada cabelo tem uma característica que necessita de cuidados específicos. Os xampus, além de lavar e perfumar os cabelos, são essenciais na sustentação de proteínas que fazem os fios crescerem naturalmente. È importante, portanto, saber qual o tipo de cabelo e os principais componentes do xampu (veja seu tipo de cabelos abaixo) para optar por um produto adequado.

Desde que foram inventados os cosméticos, foi despejada no mercado uma grande variedade de xampus e condicionadores, gerando dúvidas e confusão na cabeça das pessoas na hora da compra. Para o especialista em desenvolvimento de produtos capilares da Vital Especialidades, Everton de Freitas, o consumidor deve ir à perfumaria somente quando tiver certeza das características do cabelo que tem para não se confundir com tantas propagandas.

A aquisição de um produto errado traz um resultado adverso, ou seja, danifica os cabelos. "Se uma pessoa que tem cabelo seco usar um xampu para cabelo oleoso, o resultado pode ser o ressecamento", explica o especialista.Há, porém, outros fatores que também podem causar a danificação do couro cabeludo.

Os cabelos possuem uma estrutura com dois tipos de cargas: negativa e positiva. O xampu possui somente carga negativa (aniônica), que tem como principal função a limpeza. Já o condicionador possui carga positiva (catiônica) que, além de fechar a cutícula dos fios, desembaraçar os cabelos e repor a camada lipídica, removida pelo xampu, tem a função de neutralizar as cargas do cabelo. Caso contrário, se uma carga for maior que a outra, os cabelos ficarão ressecados. "Por isso, além de todo processo de limpeza e hidratação que o xampu e condicionador fazem, é importante utilizar os dois produtos para equilibrar as cargas no cabelo. Sempre primeiro o xampu e depois o condicionador, nunca os dois juntos", diz Freitas.

A grande dificuldade dos consumidores é saber se o produto capilar escolhido possui o componente adequado. Estudos científicos comprovam que as proteínas são importantes na composição de qualquer produto capilar e para qualquer tipo de cabelo, pois formam um filme que evita a perda de água, evitando a desidratação. Estas proteínas podem ser extraídas de fontes vegetais como trigo, arroz, seda, soja e outros cereais, e estão disponíveis no mercado cosméticos.

Identifique o seu tipo de cabelo: Cabelo Normal:

O cabelo tem vida e força. As pontas não são quebradiças e o cabelo tem um brilho saudável.

Cabelo Seco: O cabelo tem vida e é forte, porém é difícil de controlar. As pontas são quebradiças e têm ainda uma cor opaca. Este é o tipo de cabelo mais comum e seu ressecamento pode estender-se ao couro cabeludo, causando caspa.

Cabelo Misto: São secos e oleosos, ao mesmo tempo. Pode parecer um pouco ilógico, mas se você tiver o couro cabeludo oleoso e as pontas secas, este é o seu tipo.

Cabelo Oleoso: O cabelo pode ser forte ou fraco. Tem uma aparência pegajosa e gordurosa. Esta condição normalmente se estende até o couro cabeludo causando excesso de coceira e caspa, esta última contribuindo para imperfeições na face.

veja também