Saiba mais sobre cabelos aqui no glossário das madeixas

Saiba mais sobre cabelos aqui no glossário das madeixas

Atualizado: Quarta-feira, 13 Maio de 2009 as 12

Lavar, pentear, passar cremes ou um gel para manter os fios no lugar são atividades que fazem parte da rotina diária da maior parte da população brasileira. Mas, quando os fios começam a cair ou surgem as famosas "entradas" na região frontal do couro cabeludo, chega também a preocupação: será que corro o risco de ficar com falhas ou careca?

Existem inúmeros fatores que precisam ser analisados antes de responder a essa questão. E, quem nos ajudará a entender um pouco mais sobre esse tema é o dermatologista Dr. Arthur Tykocinski, especialista em cabelos e na técnica do transplante folicular coronal. Ele foi presidente do 16º Congresso Mundial de Restauração Capilar de Montreal e é Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e do International Society Of Hair Restoration Surgery - ISHRS, dentre outras entidades internacionais.

Confira o glossário:

Unidades foliculares (UFs): o couro cabeludo, na realidade, apresenta conjuntos de 1 a 4 fios de cabelos que formam cada unidade folicular (UF). Por isso, deixe de lado a idéia de que os cabelos apresentam folículos capilares de onde saem apenas um fio. As UFs com apenas um fio concentram-se na região frontal, mais próxima da testa; as UFs com dois fios são encontradas, principalmente,nas regiões temporais; por fim, as UFs com três ou quatro fios localizam-se no topete e na região occipital (atrás da cabeça, logo acima da nuca), por isso essas duas áreas costumam apresentar mais densidade e volume de cabelos.

Densidade natural: é considerada a quantidade ideal de fios distribuídos no couro cabeludo e equivale a cerca de 70 UFs por cm2, tanto para homens e mulheres. Para termos de cálculo, cada unidade folicular teria, em média, 2 fios. A assim, a densidade natural representa cerca de 140 fios por cm2.

Transparência do couro cabeludo: o transplante capilar pode ser indicado quando se nota a rarefação de fios na cabeça, ou seja, verifica-se transparência capilar, quando se enxerga o couro cabeludo por entre os fios. São quadros clínicos no qual a pessoa apresenta menos de 40 UFs por cm2 em uma ou mais áreas do couro cabeludo.

Transplante ou microrestauração capilar: visa restaurar a naturalidade, densidade e volume dos cabelos e é indicado para pessoas que sofrem de calvície genética. O transplante pode ser comparado como uma processo de redistribuição de recursos: tira-se unidades foliculares da área doadora para as áreas que começam a apresentar sinais de calvície.

Densidade cosmética: imagine que ao tirar unidades foliculares de uma região do couro cabeludo para outra, é preciso manter o equilíbrio. Por isso, Dr. Arthur ressalta que o especialista deve realizar o transplante a fim de alcançar a densidade cosmética - cerca de 40 UFs por cm2, que permite restaurar à área receptora sem causar transparência na área doadora.

Áreas doadora e receptora no transplante - Nenhum transplante produz mais fios de cabelo, apenas os redistribui. A área doadora é de onde a equipe médica retira as unidades foliculares que, depois de preparadas, serão implantadas na região calva, chamada de área receptora. Esses novos fios crescerão normalmente, podendo ser cortados, alisados e tonalizados como um cabelo normal, após os cuidados do pós-operatório.

Perfil

Dr. Arthur Tykocinski / CRM-SP 66385 (dermatologista) - É médico dermatologista e cirurgião, graduado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. É especialista em transplante folicular. Em 96 introduziu na América Latina, o Transplante Folicular Total; no final de 2003 iniciou a utilização da técnica folicular coronal sendo um dos pioneiros mundiais, ao lado do autor da técnica, Dr. Jerry Wong. Segura e praticamente indolor, a técnica possibilita rápida recuperação e a volta às atividades sem a utilização de bandagens ou curativos. É participante da Sociedade Brasileira de Restauração Capilar, Sociedade Brasileira de Dermatologia, Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, presidente do 16º Congresso Mundial de Restauração Capilar de Montreal, European Society of Hair Restoration, American Society of Hair Restoration, International Society of Cosmetic Surgery, International Society Of Hair Restoration Surgery ISHRS, American Academy of Dermatology e Sociedad Latino-Americana del Pelo.

veja também