Saiba o que seu cabelo diz sobre você

Saiba o que seu cabelo diz sobre você

Atualizado: Segunda-feira, 14 Dezembro de 2009 as 12

Quem nunca sentiu necessidade de mudar o visual depois de ter passado por alguma grande transformação na vida? Cortar os cabelos, aliás, costuma ser o primeiro passo de muitas mulheres que caminham para uma nova fase. E isso não é à toa. Especialistas garantem que, assim como as roupas e acessórios que usamos, as madeixas podem refletir, sim, o nosso estado de espírito.

O cabeleireiro Lazinho, da LZ Beauty, trabalha no ramo há mais de 40 anos e concorda com essa relação entre cabelos, astral e personalidade. Para ele, não importa o quanto você goste de um certo penteado ou cor de cabelo - se o estilo não combina com o seu jeito de ser, o resultado nunca ficará bom. "Cada cabeça, literalmente, é uma sentença", diz.

A atriz Katie Holmes, por exemplo, está acostumada a lançar tendências a partir de seus visuais modernos, ousados e que parecem dizer "eu sou dona de mim". Essa personalidade se reflete no atual corte de cabelo, bem curtinho e repicado, perfeito para uma mulher que necessita de praticidade, mas não abre mão de experimentar coisas novas.

Na prática, você pode achar esse look lindo e correr para o salão, exigindo que seu cabeleireiro deixe suas madeixas exatamente iguais às de Katie. Infelizmente, uma decisão impulsiva como essa pode deixá-la bem desconfortável com a nova aparência.

Segundo o cabeleireiro, o fato de você buscar o estilo que mais combina com sua personalidade, não signifia deixar de ousar. "Não se reprima e não deixe que a sociedade imponha como deve se cuidar", encoraja Lazinho. "O importante, no entanto, é sentir-se bem toda vez que olhar para o espelho."

O cabeleireiro defende que a nossa aparência e a forma como nos apresentamos ao mundo refletem o que sentimos, o que pensamos ou como queremos ser vistos. E isso não é apenas conversa de salão de beleza.

No livro, Visagismo, por exemplo, o artista plástico inglês Philip Hallawell fala da arte que desde 1937 tem o objetivo de criar uma imagem pessoal que revele as características de personalidade, por meio do corte, da coloração e do penteado do cabelo, dentre outros recursos estéticos. Visagismo é uma palavra derivada do francês visage, que significa rosto.

Confira, a seguir, algumas dicas desses profissionais e descubra de vez que tipo de cabelos mais combina com o seu astral atual e o seu jeito de ser.

- Coloração loiríssima ou totalmente preta: essas tonalidades envelhecem um pouco a pessoa, por isso não são indicadas para mulheres mais maduras. Se você tem um espírito jovem e quer passar essa imagem de pique e juventude, prefira outras cores na hora de tingir os fios.

-Cabelo curto, franja desconectada: atribui um aspecto mais jovial por ser um look prático e dinâmico. Pode ser usado por qualquer faixa etária.

- Cabelo longo e repicado: use e abuse desse visual tradicional, porém com um toque moderno. Mas, atenção: só é aconselhado para as mais jovens.

- Cabelo longo e liso: um cabelo mais romântico, de look simples. Geralmente as "mocinhas" das histórias aparecem com esse corte, por representarem mulheres mais recatadas que não gostam muito de ousar.

- Tintura exótica, como verde, laranja ou azul: indica alguém com atitudes de vanguarda, ligada à moda e descolada. E o melhor é que não há restrições de idade para esse estilo. Só depende do astral. "Mulheres de 60 anos que querem deixar o cabelo verde é algo fantástico", empolga-se Lazinho.

- Rabo-de-cavalo com franja: típico de adolescentes de 14 a 16 anos, por conferir uma aparência mais infantil. Não é um visual recomendado para quem deseja passar uma imagem de maturidade.

- Fios levemente ondulados e soltos: transmitem sensualidade e lirismo. Costumam acompanhar as eternas românticas.

veja também