Saiba quais os alimentos aliados do bronzeado saudável

Saiba quais os alimentos aliados do bronzeado saudável

Atualizado: Segunda-feira, 21 Março de 2011 as 9:39

Você pode amenizar os efeitos da exposição da pele à radiação ultravioleta considerando de antemão o que vai colocar no prato. É que alimentos ricos em antioxidantes podem resultar em dupla proteção: reduzem os radicais livres e protegem sua pele da radiação.

Com essa missão, a nutricionista clínica Daniella Galego, do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, selecionou os nutrientes que não podem faltar nas refeições. Prepare a lista e considere esses itens nas próximas vezes que for às compras.

Alimentos coloridos

Frutas e vegetais alaranjados, como cenoura, abóbora e mamão, e folhas verde-escuras, como rúcula e espinafre, são ricos em betacaroteno. Eles têm a capacidade de absorver a radiação ultravioleta, minimizando danos no DNA, aumentar a pigmentação (fator de proteção) e reduzir a formação de radicais livres.

O tomate (principalmente o cozido) e a melancia também são ricos em licopeno, o responsável pela cor vermelha dos alimentos e ligado à maior proteção contra os raios ultravioleta. Nas frutas, especialmente as cítricas (laranja, acerola, maracujá), e nos vegetais, a vitamina C regenera a estrutura das fibras colágenas e age em sinergia com o cobre e o manganês na síntese de colágeno.

Grãos

São ricos em vitamina E, selênio e zinco. Os primeiros itens fortalecem o sistema imunológico, combatem a formação de radicais livres e ainda agem como anti-inflamatórios. Castanha-do-pará, brócolis, cogumelos, couve, cebola e alho atuam nessa mesma proteção. Já o zinco melhora a hidratação, mantém a elasticidade, previne o ressecamento e tem efeito antioxidante em sinergia com o selênio.

Peixes

Todos os tipos contêm vitamina E, selênio e zinco. A sardinha ainda oferece a coenzima Q10, que diminui a produção de radicais livres e ajuda na regeneração celular.

Espinafre e brocólis

O efeito antioxidante destes vegetais se deve à presença da coenzima Q10, da luteína e da zeaxantina.

Chá verde

Pesquisas indicam que consumir duas ou mais xícaras de chá verde por dia torna as pessoas mais protegidas contra o câncer de pele do que quem não consome a bebida. Os polifenóis, que protegem de uma exposição solar moderada, também ajudam na redução de eritema (vermelhidão).

veja também