Saiba quais produtos passar no rosto antes dos 30 anos

Especialistas indicam ao site Universa quais são os cuidados específicos para a pele antes dos 30.

Fonte: Guiame, com informações do UniversaAtualizado: segunda-feira, 11 de março de 2019 18:21
Saiba quais são os cuidados específicos para a pele antes dos 30. (Foto: Getty Images)
Saiba quais são os cuidados específicos para a pele antes dos 30. (Foto: Getty Images)

Após superar a fase da acne na adolescência, muita gente acredita que antes dos 30 a pele não precisa de nenhum tipo de cuidado específico. Mas, mesmo sem sinais aparentes, você pode começar a prevenção do surgimento precoce de marcas já na faixa dos 20 anos e manter a pele mais viçosa e saudável por muito mais tempo.  

Não há idade mínima para começar a utilizar cremes anti-idade, segundo a coordenadora do Departamento de Cosmiatria e Dermatologia da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Alessandra Romiti. Ela diz que esse tipo de produto pode ajudar na prevenção das marcas de expressão — mas o mais importante é escolher a textura correta, de acordo com o seu tipo de pele.  

Como a pele tende a ficar mais ressecada com o passar dos anos, os cremes anti-idade mais espessos costumam ter hidratação mais potente, o que pode causar acne nos rostos mais jovens e oleosos. "Há produtos com texturas suaves, como séruns e géis, cujas fórmulas contêm substâncias antioxidantes, que podem ser usados nesse tipo de pele", explica a dermatologista ao Universa.  

Quais produtos e ativos estão liberados?

Além do protetor solar, antes dos 30 está liberado o uso diário de hidratantes com substâncias antioxidantes — a mais famosa delas é a vitamina C, mas outra que também não tem contraindicação para essa faixa etária é a vitamina E.   

Amplamente usada em dermocosméticos, a vitamina A também é indicada desde os primeiros sinais. "Alguns derivados do ácido retinoico melhoram a oleosidade da pele e a acne em quem já tem essa tendência. Então é possível tratar tanto esses aspectos da pele quanto prevenir os sinais precoces do envelhecimento", explica a dermatologista.   

Além do uso dos produtos com ativos anti-idade — que devem ser usados conforme orientação do dermatologista —, Alessandra recomenda que se siga uma rotina diária de limpeza, com o uso de sabonetes faciais e tônicos adequados para cada tipo de pele.  

Ácido hialurônico pode?

Esse ácido é um ativo produzido pelo corpo e tem propriedades hidratantes e estimuladoras de colágeno, mas, com o passar do tempo, sua produção natural diminui. Ele preenche os espaços entre as células e é bastante utilizado na cosmética para amenizar rugas e linhas de expressão.  

A substância é um dos preenchedores mais usados, principalmente no rosto. As aplicações devem ser feitas por meio de seringas ou cânulas em clínicas especializadas. Mas já existem também cremes e séruns com as versões mais modernas do ativo, que pode ser aplicado de forma tópica, diretamente sobre a pele.   

"O ácido hialurônico é um bom hidratante da pele. Hoje existem as versões de pequenas partículas, e inclusive produtos com vários tamanhos da partícula, que podem ajudar a amenizar as marcas de expressão. Existem produtos para hidratação e outros que prometem tratamento com efeito mais rejuvenescedor", conta a médica.  

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições