Sobrancelhas no formato que desejar, é possível usando a técnica de micropigmentação.

Conheça a técnica de micropigmentação

Atualizado: Segunda-feira, 18 Março de 2013 as 10:20

O visual das sobrancelhas vem se modificando cada vez mais, o que antes eram meros detalhes, hoje fazem parte do visual da mulher. Diversos modelos vem surgindo, a cada época, sejam elas finas, mais grossas, mais certinhas, para todos os gostos.

Desde os anos 20 e 30, o formato das sobrancelhas já era alterado, principalmente na caracterização das personagens durante a época do cinema mudo. Para fazer as mocinhas, as atrizes pintavam a sobrancelha para parecer mais curta. Já as mulheres fatais do cinema, as deixavam longas e arqueadas. Mas foram somente nos anos 60 que as sobrancelhas ganharam real importância no look. 

Confira essa história, década a década!

1960 – A sobrancelha acompanhou as transformações da década do exagero e das loucuras. Era raspada e desenhada com traço fino com o lápis ou era tingida. Eram arqueadas, finas e desestruturadas.

1970 – Na década voltada ao movimento feminista, as sobrancelhas eram longas, penteadas e aparadas, mas seguindo o desenho natural. 

1980 – Sobrancelhas grossas, expressivas, volumosas e com pelos em excesso marcaram a época. Década em que a mulher se voltou ao esporte e cultura física. 

1990 – Continuaram naturais, assim como na década anterior, mas perderam volume. Ficaram mais finas, sem o excesso de pelos e mais curtas.

2000 – Numa década voltada para a independência da mulher, as sobrancelhas se tornaram diversificadas, sem regra específica para o modelo ideal de sobrancelha. 

2010 aos dias atuais – As sobrancelhas se tornaram mais simétricas e harmoniosas, principalmente em função da evolução dos cosméticos e dos tratamentos estéticos, como a micropigmentação.

O formato ideal

Hoje em dia não existe uma tendência única. A moda das sobrancelhas ficou democrática e usa-se de tudo tem um pouco. “Mais grossas, como nos anos 80, ou desenhadas, como nos anos 2000, seja qual for o formato preferido, o fato é que hoje, com a micropigmentação, a mulher pode ter a cara da década que desejar”, explica a micropigmentadora Vanessa Silveira, mestra em Micropigmentação Fio a Fio 3D, diretora do Instituto Vanessa Silveira.
Com a técnica da micropigmentação é possível redesenhar a sobrancelha a cada 5 anos, adequando a um novo formato da época que a cliente desejar.  O procedimento é feito por meio de um aparelho em forma de caneta que faz pequenos furinhos na pele, sendo aplicados pigmentos na região subcutânea, ou seja, entre a primeira e a segunda camada da pele. “As imperfeições são corrigidas fio a fio, com a finalidade de proporcionar naturalidade”, acrescenta Vanessa.

A micropigmentação leva em torno duas horas. Antes de iniciar o processo, uma pomada anestésica é aplicada e, em seguida, a sobrancelha começa a ser pigmentada. “A sobrancelha definitiva deve ser retocada, em média, a cada dois anos para manter a tonalidade, pois com o tempo os pigmentos podem clarear ou mudar de cor”, afirma a micropigmentadora.

O resultado da micropigmentação pode ser notado em quatro dias e deixa a aparência mais jovial, definida e expressiva.

 

Com informações de: Assessoria de Imprensa Helaine Martins

veja também