"Tem gente que escolhe ter fome", critica modelo sudanesa

"Tem gente que escolhe ter fome", critica modelo sudanesa

Atualizado: Quarta-feira, 30 Novembro de 2011 as 12:43

A modelo sudanesa Alek Wek ficou conhecida por seu rosto marcante e pelo fato de ter vindo de um país muito pobre onde a fome predomina.  

Todavia, Alek contou que sempre conviveu com pessoas famintas ao seu redor, por diferentes motivos. "Descobri que há muita gente faminta no mundo também, mas por outras razões. Elas querem que o corpo fique de uma forma, mesmo que ele não a aguente. Tem gente que escolhe ter fome e não comer", criticou ao jornal Daily Beast.

"Hoje moro nos Estados Unidos, onde os restaurante servem porções enormes e as pessoas são tentadas a comer bastante.  

Sempre peço as sobras para levar para os meus cães. Meu ex-namorado me pediu diversas vezes para parar com isso porque ele achava vergonhoso. Vai ver é por isso que ele não é mais meu namorado", contou.

veja também