Tingir os cabelos pode aumentar a autoconfiança e deixar você mais atraente

Tingir os cabelos pode aumentar a autoconfiança e deixar você mais atraente

Atualizado: Quarta-feira, 14 Outubro de 2009 as 12

Não precisa ser radical e nem inventar de pintar as madeixas com uma cor que não combina com a sua personalidade só porque ela está em alta. E, pior ainda, evite tomar uma decisão tão importante quanto tingir o cabelo quando estiver em depressão ou quando estiver passando por uma fase difícil.

Segundo John Miyata, cabeleireiro expert em corte e coloração da Redken, a maioria das mulheres quer mudar a cor dos cabelos quando a algo importante está prestes a acontecer ou quando quer virar uma página da vida. Mas se o seu problema realmente for a depressão, não é a cor do cabelo que vai ajudar você.

Apesar disso, a grande verdade é que variar o tom das madeixas tem um impacto muito grande. Uma pesquisa do site Daily Makeover realizada com 557 pessoas concluiu que a maior parte delas decide repaginar o visual para aumentar a autoconfiança. Se sentindo mais atraentes, elas mudam a forma de encarar os problemas do dia-a-dia e até a maneira como são vistas no trabalho e pelo sexo oposto.

Mas para fazer com que essa mudança no visual seja positiva, nada melhor do que consultar um especialista antes de se arriscar. Por isso, o R7 conversou com Miyata, que além de ministrar cursos para cabeleireiros, está antenado com as últimas tendências em coloração.

- A principal dica que eu dou é para que as mulheres priorizem a naturalidade e a saúde dos fios. Muita gente fazia diversos processos químicos no cabelo, fazendo escova progressiva com formol, descolorindo os fios sem respeitar o tempo necessário que ele precisa para se recuperar do ressecamento e, pior ainda, misturando químicas que são imcompatíveis e podem acabar com o aspecto do fio.

Para isso, quando for mudar a cor dos cabelos, seja franca com o profissional e peça um teste em uma mecha com a coloração - ou descoloração - que for passar nos fios. Conte para o cabeleireiro todo o seu histórico capilar e os procedimentos que já foram feitos envolvendo química e procure hidratar os cabelos em casa uma vez por semana.

De acordo com Miyata, hoje em dia o principal objetivo dos profissionais é tingir ou descolorir o cabelo das mulheres de forma que o resultado seja o mais natural possível.

- Nossa missão é fazer com que o cabelo da cliente pareça virgem e que nunca tenha recebido coloração.

Por isso é importante que você respeite algumas regras. Se você tem a pele escura, evite descolorir demais os fios, pois não existe pele muito morena de cabelos loiros.

- A dica que eu dou para aquelas que querem clarear os fios é descolorir algumas mechinhas finíssimas, pois essa é a técnica que deixa o cabelo com uma cor bem natural. Mechas muito grossas acabam ficando marcadas na raiz do cabelo e denunciam que aquela pessoa tingiu os fios.

Segundo Miyata, para o cabelo ganhar uma luminosidade digna de atriz de novela, existe um truque que só alguns profissionais conhecem.

- As mechas finas de um ou dois tons mais claros do que o próprio cabelo, quando misturadas aos fios naturais, dão profundidade e criam a idéia de volume. Quando o cabelo é médio ou longo e mais desfiado ou repicado, é interessante concentrar um pouco de cor nas pontas, para criar um equilíbrio natural e valorizar o balanço das madeixas.

O cabeleireiro ainda alerta que para a nova cor ficar bonita, só mesmo com um corte que respeite o estilo e o formato do rosto da pessoa.

- Sem um bom corte não tem como a cor ser valorizada, mas isso deve ser avaliado entre o profissional e a cliente.

Atenção também aos cabelos curtinhos, pois eles não podem receber mechas tão fininhas para não ficarem com o aspecto de onça pintada.

veja também