Tratamentos de gordura localizada podem reduzir até 8 cm

Tratamentos de gordura localizada podem reduzir até 8 cm

Atualizado: Quinta-feira, 4 Novembro de 2010 as 11:15

Todo mundo já ouviu falar de tratamentos de gorduras localizadas, mas nem todos sabem do que se trata, como agem e como podem ser feitos. Como o verão está chegando, que tal saber mais sobre o problema?

A dermatologista Patrícia Fagundes diz que, de um modo geral, pode haver uma redução de 3 a 8 cm por área tratada, dependendo da pessoa. Confira 13 curiosidades sobre os tratamentos para o problema que insiste em atormentar a maioria das pessoas que se preocupam com sua silhueta.

1) O tratamento para gordura localizada tem por objetivo a redução ou remoção do tecido adiposo acumulado em excesso numa área localizada do corpo.

2) Os tratamentos para celulite e flacidez visam, além disso, fortalecer a derme através do estímulo para a produção de colágeno, tão importante para o tratamento da flacidez. Alem disso, objetivam a remoção dos septos fibrosos que contribuem para o aspecto "casca de laranja" visto na celulite.

3) Os tratamentos mais modernos buscam agir sobre vários fatores que causam ou agravam a gordura localizada. Estão disponíveis aparelhos que associam radiofrequência, infravermelho, sucção por pressão negativa e massagem mecânica. Equipamentos que utilizam ultrassom também são boas opções.

4) Mesoterapia é uma técnica minimamente invasiva que consiste na injeção de substâncias nas camadas mais profundas da pele com finalidade de reduzir celulite e gordura localizada. Não há, entretanto, subsídio científico suficiente que justifique seu uso.

5) Os resultados variam muito para cada pessoa. Em média, é possível notar redução das medidas após quatro sessões.

6) O número de sessões varia de pessoa para pessoa e de acordo com o aparelho utilizado. Por exemplo, um aparelho de radiofrequencia monopolar já pode dar resultados satisfatórios em uma única sessão. Ao passo que outros aparelhos podem exigir um total de 12 sessões.

7) A redução de medidas acontece de maneira individual e de acordo com a área tratada. Em média, pode haver uma redução de 3 a 8 cm por área tratada.

8) A pele da região tratada merece um cuidado especial. A paciente deve ser orientada a manter a pele sempre hidratada, evitar o uso de roupas muito apertadas ou de tecidos sintéticos, manter uma dieta equilibrada, ingerir água com frequência e realizar atividades físicas regularmente.

9) Alguns tratamentos já propiciam, durante sua realização, um estímulo local pela realização de massagem. Portanto, para estes aparelhos não há a necessidade de sessões de massagem complementares. Já para outros que utilizam apenas fonte de energia, a massagem pode ser indicada como adjuvante do tratamento.

10) A fim de obter melhores resultados estéticos da área tratada, podem ser realizadas aplicações de ultrassom no local, subscisão para o tratamento de celulite, peelings químicos associados ou não à microdermoabrasão para correção de estrias e melhora da textura da pele.

11) Segundo a dermotologista, estudo científico especializado nesta área mostrou que a simples massagem local com hidratantes de uso diário já contribui para a redução das medidas. Porém, há substâncias (retinoides, silanóis, flavonoides, iodetos, agentes estrogênicos e os fitoativos) que comprovadamente têm maior ação no combate à gordura localizada e celulite.

12) Após o término da primeira etapa de tratamento, tem início a fase de manutenção. Nesta fase, a paciente receberá a prescrição de tratamento tópico na forma de cremes específicos e também será orientada a realizar sessões de manutenção com intervalos de quatro a seis meses.

13) A prática de atividade física regular, a ingestão de uma dieta balanceada rica em verduras e fibras, o consumo reduzido de bebidas alcoólicas e refrigerantes garantirão que os benefícios alcançados durante o tratamento sejam mantidos.

veja também