Tratamentos faciais: é preciso identificar os mitos

Tratamentos faciais: é preciso identificar os mitos

Atualizado: Quinta-feira, 9 Outubro de 2008 as 12

Tratamentos faciais: é preciso identificar os mitos

A beleza da pele é resultado de um estilo de vida saudável. A tecnologia, de comprovada eficácia científica, pode ajudar

Mensalmente a indústria coloca no mercado novas opções para o rejuvenescimento facial. Difícil é identificar, entre tantos nomes de impacto, o que funciona e o que não trará o resultado alardeado. Segundo o Dr. Gilvan Alves, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, até mesmo as pessoas mais informadas podem cair na teia da beleza instantânea.

Prevenção - A pele é o maior órgão do corpo humano e precisa mesmo de atenção para manter-se saudável e viçosa. "Os cuidados preventivos são o principal caminho e a primeira atitude realmente eficaz dispensa qualquer tecnologia. Trata-se do cuidado com o sol. A exposição excessiva e sem proteção desencadeia a quebra das fibras de colágeno e elastina, tornando a pele mais flácida, gerando ainda manchas e rugas", alerta o especialista. Isso sem falar no maior risco para o câncer de pele - que só em 2008 passará dos 120 mil diagnósticos no Brasil, de acordo com o Inca.

A má alimentação, o sedentarismo, o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo pesam e muito na beleza facial, assim como o estresse. "Ele acelera a produção de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce", comenta Dr. Gilvan. No consultório, o especialista costuma destacar para seus pacientes que a pele não mente: ela espelha o estilo de vida do indivíduo.

Pêssego - No campo dos tratamentos há inúmeras opções que apresentam bons resultados. Entre elas, Dr. Gilvan destaca o uso do toxina botulínica para atenuar as rugas dinâmicas, ou seja, aquelas que se formam com a ação dos músculos faciais. "Há uma confusão em torno do uso nos lábios. Na verdade, o que se utiliza para amenizar o efeito do tempo nessa região é o preenchimento e, mesmo assim, deve ser comedido para gerar um resultado natural", orienta.

Os produtos utilizados em preenchimentos devem ser necessariamente absorvíveis pelo organismo, como é o caso do ácido hialurônico natural. Atualmente, pode ser encontrado na versão 3D, que aumenta a resistência das moléculas, criando uma malha altamente reticulada. "Ele oferece comodidade na aplicação, alta adaptabilidade aos contornos faciais, naturalidade e durabilidade dos resultados", afirma o dermatologista. Uma das novidades aprovadas pelos especialistas é o ácido poli-L-láctico. Injetável, estimula a produção de colágeno, aumentando o volume facial naturalmente. É indicado para a correção de depressões cutâneas e a restauração do contorno facial.

Os procedimentos a laser e luz pulsada merecem um capítulo à parte. "É necessário saber que cada máquina disponível no mercado possui uma indicação específica. Há aparelhos destinados à depilação definitiva, outros específicos para tratamento de gordura localizada, além dos equipamentos para rejuvenescimento facial", conclui o especialista.

veja também