Uma moda sustentável

Uma moda sustentável

Atualizado: Sexta-feira, 11 Novembro de 2011 as 10:24

Sustentabilidade é o assunto do momento. Para onde quer que olhemos vemos opções ecológicas para o dia a dia, como reciclagem, eco bags e economia de combustível. O futuro do planeta está em voga e a moda cumpre um grande papel tanto para salvar o planeta quanto para destruí-lo.

O consumo massivo e histérico de moda movimenta o mercado, mas também é responsável por boa parte da poluição que contamina a água, o ar e todo o meio ambiente. Mas a definição do que é ser eco fashion ainda é confusa na mente das consumidoras e nem sempre sabemos quais são as melhores opções quando se trata de moda sustentável.

Após algumas experiências dentro de ateliês e bons papos com designers sustentáveis, reuni algumas dicas simples sobre como aplicar o conceito ecológico no seu guarda roupa.

Um hábito importante é sempre olhar atrás da etiqueta para verificar a qualidade da peça. Virar a roupa do avesso na loja pode não só mostrar as informações de como e onde a roupa foi produzida, como também permitir a avaliação da qualidade da costura e acabamento.

As lojas de departamento produzem as novas tendências com grande circulação, possibilitando mudanças de looks instantâneas, mas, por serem produzidas em massa, essas roupas quase sempre apresentam problemas de costura, acabamento e modelagem.

Nem sempre a culpa é sua se um jeans ou uma blusinha não te servem direito. Faça escolhas sábias, pense sobre o que deseja comprar e procure marcas ou lojas que ofereçam produtos com melhor qualidade em todos os quesitos. E para essas marcas o processo de produção envolve conceitos de tingimento e aproveitamento de tecidos mais desenvolvidos, e são ações como essa que poupam o meio ambiente das agressões causadas pelo desenvolvimento têxtil.

Conheça o seu guarda roupa! Às vezes compramos por prazer, outras por necessidade, mas muitas vezes compramos por impulso. É preciso aprender a usar as roupas que você já tem. A moda não depende só de roupas novas e muitos looks são atemporais e peças antigas podem receber releituras de acordo com sua criatividade. Não se esqueça do que você guarda no fundo de suas gavetas antes de sair às compras. Cada peça que você já adquiriu tem um valor, independente das tendências ou da estação.

Para consumir menos não basta comprar com consciência roupas de qualidade. É preciso saber conservar as roupas que você já tem, para que possa fazer maior proveito do que tem por muito mais tempo, por isso leia sempre as instruções de lavagem na etiqueta de composição da peça. Reformar é sempre uma ótima opção, roupas podem ser ajustadas ao seu corpo para um tamanho menor ou maior.

Você também pode transformar suas peças. Calças podem se transformar em bermudas, blazers em coletes, mangas longas em mangas curtas. Você pode mudar o colarinho de suas camisas, bordar detalhes em pedrarias ou paetês em blusas e vestidos e até o tingimento caseiro pode dar um "up" em uma peça que você tem há muito tempo. O tingimento caseiro também polui, mas com certeza será em menor quantidade do que quando o tingimento é feito em milhares de peças.

Muitas marcas já possuem ações e peças produzidas de forma ecológica, no Brasil as opções são inúmeras e você pode encontrar do básico jeans até acessórios super estilosos e que respeitam nosso planeta.

O uso de sacolas retornáveis é uma das medidas tomadas pelos consumidores conscientes. 

veja também