Unhas encravadas: como evitar e tratar

Unhas encravadas: como evitar e tratar

Atualizado: Segunda-feira, 25 Janeiro de 2010 as 12

As unhas encravadas causam dores e um grande desconforto que dependendo do calçado, pode ser difícil calçá-lo e até mesmo andar. Sem contar o aspecto nada agradável. Elas são resultado de infecções, que surgem se as unhas são cortadas de forma errada, pela má formação dos pés, pelo uso de sapatos apertados ou quando as unhas nascem com uma espessura muito grossa.

As infecções nas unhas podem ser graves, prejudicando a saúde. Por isso, as unhas encravadas devem receber o tratamento devido. Aprenda como evitar e tratar unhas encravadas.

Para evitar as unhas encravadas

Para evitar unhas encravadas corte-as em formato quadrado e em seguida acerte usando uma lixa. Não corte os cantinhos das unhas e nem deixe com formato arredondado. Não é aconselhável tirar as cutículas sempre, pois elas protegem as unhas da ação de substâncias químicas e microorganismos.

Procure usar sapatos confortáveis que não apertem os dedos. Ao notar que sua unha encravou, é aconselhável procurar um especialista para tratar imediatamente e nada de ficar cutucando, você pode machucar ainda mais a região ou até mesmo piorar a infecção.

Tratamento para as unhas encravadas

Após cuidar da unha encravada, é preciso tomar alguns cuidados para que ela não infeccione durante a cicatrização. Evite molhar o curativo e sempre limpar os pés com algodão embebido de álcool. Se não tiver curativo, limpe a unha com água oxigenada e em seguida use uma pomada cicatrizante.

Evite abafar a unha e usar sapatos fechados enquanto não está totalmente cicatrizada. Para que a unha não volte a encravar, lixe sua superfície com o lado fino da lixa. Se observar qualquer alteração na cor ou na textura da unha, é aconselhável procurar um especialista.

Por Alessandra Busko

veja também