'Vampiromania' chega aos tratamentos estéticos faciais

'Vampiromania' chega aos tratamentos estéticos faciais

Atualizado: Segunda-feira, 26 Julho de 2010 as 9

A indústria do rejuvenescimento pegou carona no sucesso de séries como "Crepúsculo" e deu nisso: o lifting facial do vampiro.

O novo preenchedor facial, feito com sangue da própria cliente, foi registrado como Selphyl pela UBS Aesthetics, nos EUA. A empresa fornece o kit para preparação e aplicação do produto.

Para ganhar um ar de imortalidade "vampiresca", a candidata coleta uma pequena quantidade de seu próprio sangue. O material é centrifugado para separar o plasma do sangue e concentrar plaquetas e fibrinas (proteínas que causam a coagulação do sangue).

O material é injetado em rugas e depressões da face. "Teoricamente, segundo estudos recentes, a injeção do material estimularia a formação de novo tecido conjuntivo", diz o dermatologista Davi de Lacerda, de São Paulo.

Ele acredita que, apesar de ainda não existir o produto no Brasil, versões genéricas podem surgir em breve.

"O plasma gelificado pode ser obtido facilmente com uma centrífuga, sem depender de aprovação da Anvisa", diz Lacerda

veja também