Veja como deixar os lábios lindos e hidratados com dicas simples

Veja como deixar os lábios lindos e hidratados com dicas simples

Atualizado: Segunda-feira, 12 Setembro de 2011 as 8:11

Uma boca bonita sempre chama a atenção. Lábios de mel são exaltados de José de Alencar a Tim Maia. Mas bocas como as descritas pelos poetas exigem cuidados especiais. A dermatologista dra. Mônica Carvalho-Nakatsubo, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, afirma que “a pele dos lábios é mais fina e possui muitos receptores de sensação de tato, dor e calor, por isso, quando machucamos a região, ela fica bem dolorida”.

A terapeuta ayurvédica Cris Ayres explica que, além disso, “a boca está sempre exposta ao sol, vento, frio, água e à própria língua, que contém química para dar início à quebra e digestão dos alimentos”. E ainda cita outros inimigos da boca saudável, “como o tabagismo, que provoca o envelhecimento da pele, o aparecimento de rugas e deixa-a com uma cor amarelada, além, claro, de prejudicar o corpo como um todo”. Como qualquer outro aspecto da beleza, segundo o Ayurveda, uma boca bonita depende de um organismo equilibrado e alguns problemas podem indicar mais do que falta de cuidados.

Mapa na boca

A terapeuta especializada em beleza ayurvédica Cristina Chiang descreve como os lábios podem dar um diagnóstico geral da saúde, do dosha (biótipo) da pessoa e dos eventuais distúrbios. “A região da boca, segundo o Ayurveda, reflete a condição da região peitoral e do estômago. É fácil perceber essa relação, observando que os lábios de kapha (biótipo em que predomina o elemento terra — para descobrir seu dosha, faça teste no nosso site "quem é você") são pálidos, de cor bem próxima à cor da pele de kapha, o que pode ser traduzido como baixo agni (fogo digestivo) e pulmões congestionados. Já os lábios de pitta geralmente são bem vermelhos, reflexo de muito agni, especialmente no estômago.”

A terapeuta também chama a atenção para indicativos de alguns distúrbios, como “manchas nos lábios, que podem ser indicativos de desequilíbrios

no cólon. Quando de cor escura, estão relacionadas com constipação crônica; quando brancas, geralmente indicam a presença de parasitas”.

A região em volta dos lábios pode dar dicas do que deve ser tratado no corpo. Marcas verticais paralelas sobre os lábios podem indicar baixa atividade sexual, assim como marcas na face, muito próximas às laterais dos lábios, podem estar relacionadas com problemas no sistema reprodutivo ou diabetes.

Beleza ayurvédica

A terapeuta ayurvédica Cristina Chiang recomenda a hidratação certa para cada dosha: Para os lábios de pitta: manteiga de coco ou ghee (manteiga clarificada).

Para os kapha: cera de abelha.

Para os vata: manteiga de nozes ou de amêndoa.

Para dar um colorido a lábios previamente tratados pó de hibisco bem fino, triturado em recipiente de metal; cera de abelha. Misturar os dois ingredientes na proporção do tom de vermelho desejado, desde que não comprometa a “cremosidade”. Liquefazer a cera em banhomaria, misturar bem e em seguida deixar repousar em lugar fresco, em recipiente de vidro bem tampado, por cerca de três dias, até cristalizar novamente. Dicas para uma coloração diferente, para tons mais marrons, acrescentar sândalo vermelho em pó, nunca ultrapassando a proporção de uma parte de sândalo para duas de hibisco.  

Receitinha lip booster

A aromaterapeuta e psicóloga Sâmia Maluf dá receitas para manter os lábios bonitos e saudáveis. Esfoliação

1 colher de sopa de aveia em flocos

2 colheres de sopa de água mi neral

2 gotas de óleo essencial de palmarosa

Misturar tudo e passar nos lábios fazendo movimentos circulares. “Além de um excelente hidratante, é um emoliente que retira as células mortas”, explica a terapeuta. Hidratação

10 g de cera de abelha derretida em banho-mari a

20 ml de óleo de germe de trigo

1 gota de gerânio

1 gota de hortelã pimenta

Misturar tudo e passar nos lábios. “O gerânio é fitonutriente e fito-hormônio e o óleo de hortelã ativará a circulação. Juntos, agirão como um superhidratante e aumentarão os lábios pelo incremento de circulação”, aconselha Sâmia.

veja também