Vender cabelo pode gerar renda extra

Vender cabelo pode gerar renda extra

Atualizado: Quinta-feira, 11 Novembro de 2010 as 10:56

A popularização da mega hair, técnica de aplique que é capaz de deixar os cabelos no comprimento desejado como num truque de mágica, contribuiu, neste último ano, para movimentar um mercado promissor em Ribeirão Preto.

À estética somam-se questões ligadas à saúde. Pessoas que têm perda capilar total e temporária por causa de tratamentos de quimioterapia, estresse e resolvem o problema com perucas e aquelas que precisam de próteses totais ou parciais por causa da perda irreversível.

A chamada "indústria dos cabelos" emprega muita gente. Mais que isso. Garante renda extra especialmente para as mulheres, que transformam cabelos longos e bem tratados em dinheiro.

Neste ano foi de 30% o aumento no valor pago por 100 gramas de cabelo com cerca de 70 centímetros.

Um "rabo" de cabelo - é assim que se usa na linguagem popular dos salões de um material bom - era comprado por R$ 80 em janeiro e hoje pode chegar a R$ 150.

É difícil explicar exatamente como se avalia um cabelo na hora de vender.

"É preciso levar em conta em primeiro lugar a qualidade, depois o comprimento e por fim a quantidade", explica Rogéria Simão de Souza, que dá cursos sobre apliques, faz o serviço e compra matéria-prima.

Geralmente, são mais valorizados os cabelos virgens, que nunca foram submetidos a tintura ou tratamento químico.

veja também