Vestidos de noiva - fim da ditadura do tomara-que-caia

Vestidos de noiva - fim da ditadura do tomara-que-caia

Atualizado: Segunda-feira, 31 Outubro de 2011 as 10:22

O tomara-que-caia é destaque na grande maioria dos vestidos de noiva que encontramos nos casamentos. Eles estão presentes nos mais diferentes modelos, seja com calda, acinturados, de renda ou coloridos.

Mas por que o tomara que caia? "Não sei ao certo, mas acho uma pena.

Particularmente acho este decote muito sem graça. E ao contrário do que muitos pensam não são todas as mulheres que ficam bem de tomara-que-caia", diz a estilista Patricia Bourgeaiseau, dona do Ateliê Jardim Secreto.

Ela acredita que a indústria da moda para casamento estipulou este modelo por ser mais fácil de ser ajustado ao corpo. "Adoraria que as noivas enxergassem que existe vida além do tomara-que-caia, há decotes lindos com muito mais opções de modelos", afirma a estilista.

Para mostrar ao tomara-que-caia que ele pode perder seu espaço, estão começando a aparecer os vestidos com manga. "Estes, aos poucos, estão roubando a cena, de maneira bem tímida, mas já é alguma coisa. As mangas, sejam 7/8 ou 3/4 ou até mesmo apenas um babadinho, acabam sendo bem mais românticas, femininas e bem mais a cara da brasileira", comenta Patrícia.

Ainda assim a maior porcentagem é composta por modelos que deixam os ombros e o colo à mostra. A estilista explica o porquê: "A noiva que acaba optando pelo tomara-que-caia é aquela que não acha saída no mercado, tudo que ela prova e vê traz esse decote. Ela já vai acostumando a sua visão e o seu cérebro para um decote assim."

Patrícia ressalta que um vestido de noiva envolve os sonhos e sentimentos daquela mulher e tudo fica lindo na hora. Mas lamenta que falte opção no mercado.

"As noivas que escolhem outro tipo de vestido são justamente aquelas que não querem estar igual às outras e não se sentem bem de tomara-que-caia (aliás, não tem nada mais feio do que ficar puxando o vestido o tempo inteiro)", afirma. "Acredito que se a mulher não tem o hábito de usar tomara-que-caia não vai ser no dia mais importante da sua vida que ela deve vestir. Por favor, há muito decote bonito para se usar, vamos abrir a mente e o coração!", completa.

Mas o que vale mesmo na hora de escolher o vestido para um dia tão especial é levar em conta o que se sente em relação a ele, mostrar quem a mulher é no dia-a-dia, sem tornar aquele momento menos especial, mas sim autêntico! "Vestido de noiva tem que ter a personalidade de quem usa. É um dia como qualquer outro, o que muda é que você vai estar vestida de branco. Continua sendo você!", lembra Patrícia.

Por isso, com manga ou sem manga, a noiva tem que se sentir bem, tem que valorizar o seu tipo físico. Não vamos esquecer que no final o que a noiva quer é estar linda e ser feliz. "Se você é uma noiva mais romântica e sonha com uma manga pequena, mesmo que seja no verão, é assim que deve estar. Já as que adoram tomara-que-caia e sempre usam esse decote nas ocasiões, ok", finaliza a estilista.

Foto/Reprodução Pó de Arroz

Foto/Reprodução Pó de Arroz

Foto/Reprodução Pó de Arroz

Vestido da estilista Andrea Garcia. Foto/Divulgação Bride Style

Vestido da estlista Lourdinha Noyama. Foto/Divulgação Bride Style

Vestido da estilista Cecilia Echenique. Foto/Divulgação Bride Style

Foto/Divulgação Vitoria Alta Costura

Foto/Divulgação Vitoria Alta Costura

veja também