Visagismo é técnica usada para harmonizar a imagem

Visagismo é técnica usada para harmonizar a imagem

Atualizado: Quinta-feira, 18 Agosto de 2011 as 9:53

As pessoas são diferentes e suas feições nem sempre são simétricas. Todavia, existe um profissional capaz de ajudar a equilibrar as proporções, colaborando para melhorar a imagem da pessoa da melhor forma possível, seguindo ainda as características da personalidade de cada um. É o visagista.

"Visagismo é uma técnica usada para harmonizar a imagem do cliente, levando em consideração a análise das proporções do corpo, da silhueta, do tom de cabelo e pele, simetria do rosto etc, verificando qual o melhor corte de cabelo, maquiagem, coloração do cabelo, acessórios e até o tom da roupa que melhor se adeque ao perfil e ao meio em que o cliente vive", explicou Adriana Teixeira dos Reis Bertolletti, coordernadora do curso de Visagismo e Terapia Capilar da Universidade Anhembi Morumbi, da capital paulista.

A profissão ainda é pouco conhecida e o visagista pode atuar em spas, salões e até mesmo na televisão, ajudando a compor personagens. "Na Europa já é usado há muito tempo. No Brasil, a técnica foi trazida por Philip Hallawell", contou Adriana, que explicou ainda que o visagista pode atuar em parceria com dermatologistas, aplicando terapias para tratar a saúde do cabelo, usando laser de baixa frequência, óleos essenciais etc, "mas ele não pode diagnosticar. Essa é a função do dermatologista. Ele pode sugerir tratamentos", contou a profissional.

Durante a consulta com o profissional formado em visagismo, é feita uma entrevista para saber quais as perspectivas daquela pessoa em relação à sua imagem e o que ela gosta. Durante o processo, o visagista analisa todas as proporções de olho, rosto e pescoço e faz um trabalho de harmonização levando em conta o que a pessoa quer. "Às vezes chega uma mulher com o cabelo na cintura e que não quer cortar. Temos que respeitar a decisão dela. Ou então ela fica bem de cabelo avermelhado, mas detesta o tom, então temos que usar outras alternativas para cuidar daquela imagem", contou Adriana.

Se o cliente tiver alguma característica marcante em seu rosto, da qual não goste, o visagista pode ensinar a pessoa como se maquiar para disfarçar ou amenizar o "problema". Todavia, ele não é um maquiador e não faz make para festas ou filmes, por exemplo.

A consultoria de um visagista pode custar entre R$ 150 e R$ 500, segundo Adriana, e como não há uma associação, os interessados em contratar estes serviços podem ligar para as instituições de formação, como a Universidade Anhembi Morumbi, para solicitar o contato de um ex-aluno. No Spa Escola, inaugurado na terça-feira (16), também é possível agendar consultas com alunos desta técnica, por preços mais em conta. Para informações, ligue: (11) 2790-4653.

veja também