Xampu vale investimento alto, diz cabeleireiro

Xampu vale investimento alto, diz cabeleireiro

Atualizado: Terça-feira, 10 Novembro de 2009 as 12

Existem no mercado xampus para todos os cabelos, todas as idades, todos os sexos e, bem...até para todos os bolsos. A consulta com o cabeleireiro Luciano Cassolari, do salão L'Officiel III é para saber de uma vez por todas: vale a pena reservar um pouquinho do salário e investir em um xampu mais caro, que custe mais de R$ 50?

Segundo Cassolari, por mais que doa ao bolso, a resposta é "sim, vale a pena". De acordo com o cabeleireiro, a principal diferença está nas matérias-primas utilizadas na fórmula dos produtos, que são capazes de deixar os fios mais saudáveis.

- A gente acaba nem pensando sobre o assunto, mas por trás de um xampu existe toda uma tecnologia que custa muito dinheiro para as marcas.

É por isso - e pelas altas taxas de importação - que alguns xampus importados são bem mais caros. Grandes empresas internacionais possuem centros técnicos especiais para desenvolver estudos e criar novas fórmulas e produtos. Centenas de cientistas, pesquisadores e químicos estão envolvidos neste processo e, muitas vezes, acabam descobrindo uma substância que é patenteada pela marca.

Para Luciano, é exatamente isso que faz com que a diferença entre um xampu bem mais barato para um mais caro seja inteiramente perceptível na aparência do fio.

- Os xampus mais caros possuem matérias-primas mais nobres na fórmula. Eles não agridem, têm o pH mais equilibrado, impedem que a tintura e os reflexos desbotem, tratam o fio por inteiro e são altamente capazes de recuperar os danos que a alta temperatura, o meio ambiente e os processos químicos fazem aos cabelos. Resumindo, eles possuem mais queratina, vitaminas, ceramidas, extratos vegetais, hidratantes em três dimensões e outros ingredientes benéficos.

Na realidade, todos esses ingredientes são muito caros e é preciso muita tecnologia para colocá-los nas fórmulas. E, por isso, normalmente são as multinacionais que acabam tendo dinheiro suficiente para comprar essas matérias-primas de qualidade em larga escala.

Cassolari resume afirmando que, se você comprar um xampu com uma tecnologia mais avançada e usá-lo com moderação, tomando os cuidados necessários de não prender ou torcer os fios molhados e não secá-los ou pranchá-los sem proteção adequada, você terá cabelos mais saudáveis e bonitos e evitará gastar dinheiro com hidratações no salão.

- Ninguém precisa colocar muito xampu para lavar os cabelos, mesmo que não faça espuma - o que, aliás, é um bom sinal, pois significa que o produto não contém sal nem agentes artificiais que dão esse efeito falso e desnecessário. Além disso, combinar um condicionador da mesma marca e da mesma linha do xampu, é bastante inteligente, pois são produtos que vão se complementar, potencializando os resultados positivos para o fio.

O cabeleireiro ainda aproveita para dizer que o desperdício do condicionador também só faz mal ao cabelo e ao bolso.

- Passar muito condicionador no cabelo faz os fios ficarem pesados e sem balanço. O fio tem capacidade de absorver só até um limite do produto. Passou disso, é o mesmo que jogar na lata do lixo!

veja também