15% das mulheres com câncer de mama em SP têm menos de 45 anos

15% das mulheres com câncer de mama em SP têm menos de 45 anos

Atualizado: Terça-feira, 11 Janeiro de 2011 as 10:02

m estudo divulgado pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), órgão ligado à Secretaria de Saúde paulista afirma que 15% das mulheres que desenvolvem câncer de mama no Estado estão abaixo dos 45 anos.

A pesquisa, realizada com um universo de 2.573 mulheres, revelou que 380 mulheres atendidas na unidade tinham menos que 45 anos. Do total de pacientes, 45% são mulheres economicamente ativas, 54% são casadas e 55% possuem baixo nível de escolaridade, com no máximo o 1º grau completo. O Icesp atende gratuitamente por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

O surgimento de câncer de mama está ligado à idade, mas também ao histórico familiar, à obesidade, ao sedentarismo, ao tabagismo, à menopausa tardia - após os 50 anos -, ao consumo de álcool e ao fato da mulher não ter filhos.

Para José Roberto Filassi, coordenador do setor de mastologia do Icesp, o diagnóstico precoce é a principal arma para o combate da doença, segunda causa de morte entre as mulheres brasileiras. "A indicação para realização das mamografias anuais é a partir dos 50 anos, mas para mulheres de qualquer idade com histórico familiar da doença ou que tiveram câncer no ovário, o exame dever ser realizado pela primeira vez aos 35, depois aos 40 e em seguida rotineiramente."

veja também