36% dos brasileiros desconhecem datas para vacina contra gripe suína, diz pesquisa

36% dos brasileiros desconhecem datas para vacina contra gripe suína, diz pesquisa

Atualizado: Quarta-feira, 10 Março de 2010 as 12

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira resultado da pesquisa sobre a percepção do brasileiro em relação à campanha de vacinação contra a gripe suína --a gripe A (H1N1). A sondagem, feita com 1.300 pessoas de todos os Estados, no período de 20 a 24 fevereiro, aponta que 36% dos brasileiros não sabem das datas de vacinação --cujo início da primeira etapa foi ontem.

"Temos um universo importante de pessoas que não estão adequadamente informadas sobre a campanha", disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

Apesar da desinformação, o brasileiro está confiante em relação à campanha. Segundo a pesquisa, 71% das pessoas sondadas dizem acreditar que a vacina é eficaz, 83% não têm medo de tomar vacina, e 84% dos pesquisados gostariam de tomar a vacina.

"Se a avaliação é boa do ponto de vista da adesão, da confiança e da vontade, por outro lado, ainda há um obstáculo a ultrapassar que é o conhecimento", disse Temporão.

O governo pretende imunizar 80% de cada um dos sete grupos prioritário para a vacinação. A meta é imunizar 91 milhões de pessoas contra a gripe suína, e 20 milhões contra a gripe comum.

Campanha

Para dar mais visibilidade à propaganda da campanha de vacinação, o ministério convocou empresários para que ajudem o governo. Nesta terça, 87 representantes de empresas estiveram no ministério, ouvindo orientações do próprio ministro sobre como informar seus funcionários e demais cidadãos a respeito da vacina.

Algumas empresas afirmaram que vão anunciar o cronograma de vacinação em veículos internos e em outros locais, como extratos bancários e encartes promocionais.

O ministério colocou à disposição um serviço de aviso por e-mail sobre a data de vacinação. Quem quiser o serviço deverá se cadastrar no site do ministério ou no hotsite. Em dois dias de funcionamento do serviço, 12,8 mil pessoas se cadastraram pedindo para serem avisadas, informou o governo.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também