A dieta anticâncer

A dieta anticâncer

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 9:33

Estas são algumas maneiras de reduir o risco de câncer, de acordo com estudos recentes:

- Diga ‘sim’ para cebola, maçã, frutas vermelhas, couve e brócolis: comer muitos antioxidantes chamados flavanpois, encontrados nesses alientos, reduz o risco de desenvolver câncer pancreático em 23% das pessoas. Para os fumantes, uma alimentação rica em flavanóis diminuiu o risco em 50%, segundo pesquisadores do Cancer Research Center do Hawaí, que estudaram 183.518 mulheres e homens.

- Ultrapasse os limites com frutas e legumes: estudo recente com 500 mil participantes com 50 anos ou mais descobriu que os participantes da pesquisa que comiam 12 porções por dia diminuíram e 29% o risco de desenvolver vários cânceres em comparação com aqueles que só comiam três porções diárias.

- Prefira vinho tinto: bebedores de vinho tinto reduzem em 13% o risco de desenvolver câncer de pulmão a cada taça diária, de acordo com uma pesquisa feita comparando 132 homens com câncer de pulmão com 187 pacientes submetidos a pequenas cirurgias em um hospital na Espanha.

- Coma peixe com mais frequência: comer peixes gordurosos, ricos em ômega-3, como o salmão, o arenque e a cavala, pode reduzir o risco de câncer de próstata, de acordo com um estudo feito por 30 anos com mais de seis mil homens no Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia. Homens que não comiam peixe corriam risco duas a três vezes maior de desenvolver câncer de próstata do que aqueles que comiam quantidades moderadas ou grandes.

veja também