A importância da doação de medula óssea

A importância da doação de medula óssea

Atualizado: Sexta-feira, 4 Abril de 2008 as 12

No Dia mundial de combate ao câncer, 8 de abril, a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE) enfatiza a importância da doação de medula óssea.

A presidente da ABRALE, Merula Steagall, explica que o transplante de medula óssea é uma das esperanças de pacientes com leucemia, mas o processo ainda é dificultado por dúvidas criadas por falta de informação.

Apesar do mito que existe sobre dor e condições de saúde durante a doação de medula óssea, o processo é mais simples do que se imagina. É preciso apenas ir a um hemocentro habilitado e coletar uma pequena amostra de sangue, material que será encaminhado a um laboratório credenciado para o exame de histocompatibilidade. Os resultados são enviados ao Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), o banco de dados nacional. A doação consiste em uma microcirurgia com apenas um dia de internação hospitalar e repouso. Em 15 dias a medula óssea está completamente regenerada.

Segundo Merula, em 2007 a ABRALE recebeu mais de 10 mil ligações e e-mails, sendo 42% para tirar dúvidas sobre as doenças (linfoma e leucemia) e 36% sobre o tratamento. Para esclarecer essas dúvidas, a ONG promove campanhas e palestras com especialistas renomados, das quais podem participar pacientes, familiares e demais interessados no tema. "Procuramos divulgar sempre a importância da doação da medula óssea, um processo simples que pode representar a cura do câncer".

Postado por: Claudia Moraes

veja também