A importância da fisioterapia e terapia ocupacional para a população

A importância da fisioterapia e terapia ocupacional para a população

Atualizado: Quarta-feira, 5 Maio de 2010 as 3:31

Hoje, a Fisioterapia e a Terapia Ocupacional são conhecidas mundialmente por atuar no processo de reabilitação dos atletas, reduzindo o tempo de internações e ainda acelerando o seu retorno ao esporte. Mas não é só pelos atletas que a Fisioterapia estende seu trabalho.  

A quantidade de pessoas que praticam exercícios físicos moderados aumenta a cada ano. Em São Paulo, o número de adultos que se exercita regularmente é de 12,1%. Para estas pessoas o contato com um profissional da área de fisioterapia e terapia ocupacional também é necessário, uma vez que estes profissionais atuam na prevenção de doenças, orientação nas AVD´S (atividade de vida diária) e nas AVP´S (atividades da vida profissional).

A prática de atividades físicas, quer seja uma caminhada ou andar de bicicletas, pode se tornar perigosa, caso o indivíduo possua uma doença crônica não tratada, o exercício deve ser realizado sob acompanhamento de um profissional com conhecimento cinesioterápico e anatomopatológico.  

Em recente pesquisa feita pelo IBGE, 13,5% da população tem problema de coluna ou costas, é a segunda maior doença crônica a atingir os brasileiros.

Mas como saber a hora de procurar um fisioterapeuta ou terapeuta ocupacional? Muitas vezes os sintomas de uma doença crônica ou lesão passam despercebidos pela população. Uma pisada torta, ou leve dor ao praticar exercícios físicos já é um bom motivo para procurar um profissional. Prevenir um problema mais sério, que precise de reabilitação é de extrema importância.

veja também